InícioNotícia escrita porShrikesh Laxmidas

slaxmidas@jornaleconomico.pt

A semana vai ser marcada pelos resultados empresariais. Em Portugal, já fora da bolsa, o BPI divulga números na terça-feira, seguido da retalhista Jerónimo Martins na quarta e dos pesos-pesados EDP e BCP na quinta. Lá fora, a 'earnings season' entra no pico, enquanto a Fed reúne quarta e quinta e a semana vai terminar com os números do PIB dos EUA no segundo trimestre.

A líder do CDS-PP critica o Governo pela “austeridade encapotada” na forma de cativações e pela “falta de coragem” nas soluções para a banca. Cortar a dívida e reduzir o IRC são medidas urgentes, alerta.

Yellen animou os mercados de forma generalizada, mas os resultados empresariais também estão a ter impacto. O Jornal Económico apresenta as tendências, os dados e os gráficos das últimas cinco sessões nos mercados.

Segundo os cálculos do Credit Agricole CIB, o BCE irá diminuir o ritmo mensal de aquisição de ativos para 35 mil milhões a 40 mil milhões de euros no início do próximo ano. Em julho de 2018, o valor deverá transitar para 20 mil milhões de euros por mês e o programa irá chegar ao fim nesse mesmo ano.

A produção de crude subiu face ao mesmo período do ano passado com o forte crescimento no Brasil a mais que compensar uma quebra em Angola. O volume de matérias primas processadas pela empresa avançou 14%, enquanto a margem refinação 'benchmark' subiu face ao primeiro trimestre.

Peter Boone, economista doutorado em Harvard, foi acusado de manipulação de mercado que permitiu ganhos de 819 mil euros com a venda de dívida portuguesa após ter escrito artigos sobre o país nos cruciais meses antes do resgate de 2011. Foi declarado inocente na semana passada e vai processar o Estado.

Pioneira e ambiciosa, a fabricante de carros elétricos tem disparado na bolsa. Os analistas mostram receio, mas a visão do CEO convence os investidores.

De repente, o Galpgate voltou, fez baixas no elenco governativo e ressuscitou acesos debates sobre o que os políticos podem aceitar das empresas.