InícioNotícia escrita porSafaa Dib, Editora

Theresa May está aprisionada nas garras de uma elite masculina iludida que a tem permanentemente colocado numa posição impossível para, no fim, a abandonar de forma cobarde.

No complexo contexto da sociedade iraniana, a luta pela igualdade de género é uma luta de perigo e repressão violenta. Mas cabe-nos a todos dar-lhe uma projeção global ainda maior.

Anos mais tarde, Bourdain iria referir-se ao episódio de Beirute como o ponto de não-retorno. A partir desse dia, tornou-se obsceno voltar a focar-se meramente na comida. Sabia que a gastronomia era a porta que lhe permitia conhecer parte de uma cultura, mas queria contar histórias que fossem mais além.

Todos nós caímos no pecado da tudologia. É difícil de resistir a uma discussão em que sentimos que a nossa opinião é válida ou – imagine-se – pode acrescentar algo de novo.

Hoje, os valores da missão das Nações Unidas não deixaram de fazer sentido, muito pelo contrário. Mas, para acreditarmos de novo na instituição, esta não pode deixar-se paralisar pelas agendas dos seus membros.

O Líbano, ao recusar-se a enfrentar os graves problemas existentes, corre o risco de abraçar um futuro sem esperança e sem sentido para os mais novos.

A memória de Margarida Tengarrinha permite-lhe homenagear figuras do passado decisivas na situação política do país, e que regressam à vida numa obra que resiste à “corrupção da morte”.

Como podemos ensinar rapazes e raparigas desde muito cedo a respeitar-se mutuamente? Que tipo de intervenção é feita nas escolas para uma maior consciencialização?

PUB
PUB
PUB