InícioNotícia escrita porRicardo Junqueiro, Advogado

Entre o passa culpas do costume, pedidos de demissão para se ouvir no telejornal e outros 'fait divers', ninguém pareceu interessado em analisar verdadeiramente a questão.

Os grandes processos judiciais dão-nos a oportunidade de debater a justiça enquanto coletividade. Não são só os arguidos que estão a ser julgados. É a própria justiça.

Os incentivos são os inversos e a mensagem que passa é a errada a quem poderia desempenhar um papel de fomento e dinamização da economia.

Visão e bom senso parecem não abundar em Madrid nem em Barcelona que pretendem tentar vencer o conflito à bruta em vez de explorarem a hipótese de encontrar uma solução.

Como qualquer líder político e militar sabe que a seguir a um ataque vem um contra-ataque, não é provável que a Coreia do Norte ataque os EUA ou os seus aliados.

O PSD é um partido demasiado importante e com demasiadas responsabilidades na democracia portuguesa para ter contemplações de qualquer espécie com as posições do seu candidato em Loures.

Após o terrível incêndio num prédio de Londres de há uma semana, a Primeira-ministra britânica pediu desculpa às famílias. Desculpou-se porque o Estado, tanto a nível local como a nível nacional, falhou quando as famílias mais precisaram.

A pouco mais de uma semana do dia do voto, a vantagem dos Conservadores, 20 por cento, reduziu-se para apenas cinco pontos e ninguém pode garantir quem vencerá as eleições dentro de dias.