InícioNotícia escrita porRicardo Junqueiro, Advogado

A tecnologia não vai eliminar o trabalho. Vai transformá-lo. O verdadeiro desafio é como preparar um amanhã que não conhecemos.

Não são apenas os fundos públicos que ficam pelo caminho. São também os mecenas que, antes do próximo contributo, questionarão se estão efetivamente a financiar apoio social ou antes usos pessoais.

O deslumbramento com as oportunidades que a revolução digital proporciona tem levado a uma subestimação dos riscos que esta coloca e que poderão condicionar o seu desenvolvimento.

Devemos ser nós, consumidores de informação, a ter cautelas com o que nos é apresentado não prescindindo de proativamente procurar informação?

Entre o passa culpas do costume, pedidos de demissão para se ouvir no telejornal e outros 'fait divers', ninguém pareceu interessado em analisar verdadeiramente a questão.

Os grandes processos judiciais dão-nos a oportunidade de debater a justiça enquanto coletividade. Não são só os arguidos que estão a ser julgados. É a própria justiça.

Os incentivos são os inversos e a mensagem que passa é a errada a quem poderia desempenhar um papel de fomento e dinamização da economia.

Visão e bom senso parecem não abundar em Madrid nem em Barcelona que pretendem tentar vencer o conflito à bruta em vez de explorarem a hipótese de encontrar uma solução.