InícioNotícia escrita porLeonor Mateus Ferreira

lmferreira@jornaleconomico.pt

O presidente do BCE, Mario Draghi, e o economista-chefe, Peter Praet, vão estar em Portugal, menos de uma semana depois de a instituição ter anunciado mudanças para a política monetária europeia nos próximos meses.

Os bancos centrais vão centrar atenções, com o Fórum BCE em Sintra e reuniões de política monetária em oito países diferentes. O PIB português, um leilão de dívida de curto prazo e dados económicos europeus também vão marcar a semana.

Ações no valor de 15% do 'fintech' portuguesa ficam disponíveis a partir desta segunda-feira. A empresa avaliada em 10 milhões de euros torna-se a primeira em vários anos a entrar na bolsa de Lisboa a 18 de julho.

A Raize vai ser a primeira empresa a entrar na bolsa desde 2016. O pedido já foi entregue na Euronext, que se irá pronunciar nas próximas semanas.

Os professores garantem que não vão deixar que esquecer os nove anos, quatro meses e dois de congelamento das carreiras e que estão disponíveis para negociar com o Governo.

Na sua conta oficial no ‘Twitter’, o papa lançou uma campanha da Cáritas sobre este tema, que pediu para compartilhar “com gestos concretos de solidariedade, o caminho dos migrantes e dos refugiados”.

"É preciso que o país se habitue a não aguardar pelas tragédias para dar importância aquilo que é efetivamente estrutural", disse o primeiro-ministro, depois da missa em memória das vítimas de Pedrógão Grande.

Quase um ano depois da primeira proposta, o prazo para a conclusão do negócio terminou à meia noite de sexta-feira e não será prolongado, segundo escreveu o jornal espanhol El Confidencial.

PUB
PUB
PUB