InícioNotícia escrita porGustavo Sampaio

gsampaio@jornaleconomico.pt

"Face a notícias recentemente vindas a público relativas aos incêndios de Pedrógão Grande e ao respetivo número de vítimas", a Procuradoria-Geral da República (PGR) esclarece que apenas "foram identificadas, até ao momento, 64 vítimas mortais." Mas admite que podem vir a ser mais.

Candidata do CDS-PP à Câmara de Lisboa propõe construir mil apartamentos para a classe média no terreno da antiga Feira Popular. E garante que o plano de 20 novas estações de metro é exequível.

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Loures, André Ventura, publicou a seguinte mensagem no Facebook: "Tantos donos da democracia a querer impedir-me de ir a votos. Não deverão ser as pessoas a decidir?" E o líder do PNR, José Pinto-Coelho, voltou a expressar o seu apoio às ideias defendidas pelo advogado e professor de Direito.

"Os pesos colombianos valem alguma coisa," ao contrário dos bolívares venezuelanos, "cada vez mais desvalorizados", salienta Barbara. Tem 27 anos de idade e era proprietária de um salão de cabeleireiro e estética em Caracas, Venezuela. Mas entretanto fugiu para Medellín, Colômbia, onde trabalha como prostituta. “Aqui pelo menos podemos comer pequeno-almoço e almoço.”

Os promotores da Iniciativa Liberal garantem que não. Os politólogos questionados pelo Jornal Económico divergem nas suas análises: para António Costa Pinto há liberais no PSD e no CDS-PP, enquanto André Freire aponta para o PS como “o mais próximo” do liberalismo.

Entrevista conjunta a Rodrigo Saraiva e Pedro Antunes, promotores da Iniciativa Liberal que está a recolher assinaturas para formar um novo partido, a tempo de concorrer às eleições europeias e legislativas de 2019.

É doutorado em Direito Público e co-autor de um livro com a "taróloga" Maya. É professor convidado da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa e declara que as pessoas de etnia cigana "vivem quase exclusivamente de subsídios do Estado" e "acham que estão acima das regras do Estado de Direito." As duas faces do candidato autárquico que José Pinto Coelho, líder do PNR, considera ser um dos "seus".

Lista de candidatos incompleta motiva denúncia à PSP e queixa na CNE. Assinaturas podem ser invalidadas.