InícioNotícia escrita porAlmerinda Romeira

aromeira@jornaleconomico.pt

Responder às novas tendências do mercado tornou-se um imperativo para as empresas.

Hoje, o PS não ganharia as legislativas com maioria absoluta, segundo a sondagem do Correio da Manhã/Aximage. Entre os líderes partidários, Assunção Cristas é quem mais sobe.

O novo CEO da General Electric quer alienar ativos na casa dos 20 mil milhões de dólares, o equivalente a 17 mil milhões de euros, e responsabilizar os executivos que não tenham bons resultados.

O presidente do governo espanhol anunciou que vai aplicar o artigo 155 e marcar eleições na Catalunha no prazo de seis meses.

O ministro Vieira da Silva admitiu a diversificação das fontes de financiamento para dar maior sustentabilidade ao sistema, considerando, no entanto, que o maior impulso para que isso aconteça é o crescimento da economia.

A intenção é investir em, pelo menos, mil empresas do setor de tecnologia ao longo da próxima década, revelou o CEO do conglomerado japonês.

Várias pessoas ficaram feridas, esta manhã, nesta cidade do sul da Alemanha, em consequência de um ataque perpetrado por um homem que se pôs em fuga, segundo a polícia.

Os dados são o novo combustível e a inteligência artificial a nova eletricidade. Abrace a tecnologia, mas não fique refém dela, aconselha em entrevista ao Jornal Económico, Gerd Leonhard, Future strategist e CEO @ The Future Agency, orador no Business Transformation Summit 2017.