16 startups portuguesas em busca de investimento junto de ‘tubarões’ internacionais

As startups portuguesas vão poder hoje tentar convencer os responsáveis da Founders Factory, Caixa Capital Risc, Firstminute Capital e Telefónica a investirem nos seus negócios.

Joana Rafael, seated centre, one of the founders of LINNK Lisbon Innovation Kluster sit with other colleagues and users of the hubs during a meeting at LINNK in Lisbon, Portugal, on November 18, 2015. LINNK Lisbon Innovation Kluster is a innovation laboratory and a coworking office with 6 hubs where startups, entrepreneurs, developers and creatives can find resources, inspiration and collaboration to develop projects and drive innovation.Photographer: Patricia de Melo Moreira/Bloomberg *** Local Caption *** Joana Rafael

A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários organiza, esta quarta-feira, entre as 14h15 e as 16h30, na sua Sede Nacional, no Porto, em conjunto com a EIT Digital, uma nova ronda de financiamento WE’BIZ Pitch . Commuter21, Stratio, Sentilant, Infinite Foundry, BGuest, Loqr, Pavnext, Isgreen, Buzzstreets, Streambolico, Performetric, Invoice Capture, Magikbee, ESolidar, Full Circle e Mub Cargo procuram captar investimentos balizados entre 500 mil e cinco milhões de euros.

A avaliar os modelos de negócio apresentados estarão quatro investidores: Lina Wenner (associada da Firstminute Capital), Jordi Iserte (gestor de investimentos da Caixa Capital Risc), Laura Delgado (business development lead da Founders Factory) e Inês Oliveira Ribeiro (gestora financeira da Wayra Spain e da Acceleration Crowdworking Gran Vía Open Future).

Facilitar a captação de investimento das startups portuguesas é a missão das sessões WE’BIZ Pitch, que viabilizam o cumprimento deste desígnio através da organização periódica de rondas de investimento com agentes privados e de capital de risco com intervenção em diferentes ecossistemas empreendedores. A ronda de financiamento será operacionalizada através de sessões one to one que vão colocar frente a frente empreendedores e investidores durante 15 minutos, período que os fazedores deverão aproveitar para convencer os agentes de investimento. Após a abertura da call pela ANJE, cada um dos quatro investidores selecionou previamente as startups com quem terá encontros restritos durante a tarde.

Para Rafael Alves Rocha, Diretor de Comunicação da ANJE, trata-se de uma excelente oportunidade para os os empreendedores selecionados. “Pela primeira vez teremos na WE’BIZ Pitch não um, mas quatro investidores internacionais com perfis diferenciados. Os fundos de capital de risco estarão representados por Jordi Iserte (gestor de investimentos da Caixa Capital Risc) e Lina Wenner (associada da Firstminute Capital), enquanto Inês Oliveira Ribeiro (gestora financeira da Wayra Spain) pode investir nas startups, fortalecendo o seu processo de crescimento com a rede e os meios da multinacional Telefónica. Já Laura Delgado (business development lead da Founders Factory) pode catapultar as startups em pitch para um verdadeiro ecossistema privilegiado de aceleração e fundraising estabelecido na Founders Factory, em Londres”.





Mais notícias