InícioOpinião
Opinião

O Islão fundamentalista instalou uma guerra na Europa. E nada leva a crer que não esteja a ganhá-la.

A Altice contratou Ronaldo para a publicidade da MEO a pensar precisamente na Altice como marca internacional, e não na portuguesa MEO que partilha a nacionalidade com o craque mundial. Foi uma boa estratégia, sem dúvida.

As intervenções vagas e evasivas de Trump, com palavras de sentido dúbio e afirmações pomposas e imaginativas, melhoram com a tradução...

A letra era para ser outra e o tom também. A 15 de janeiro de 1985, o Congresso Nacional brasileiro elegeu pela última vez um presidente de forma indireta, marcando definitivamente o fim da ditadura militar que durava desde 1964.

Há várias formas de corrupção e no Brasil tem-se combatido a corrupção com corrupção. Mas tão ou mais grave do que a corrupção económica é a corrupção do sistema de justiça democrático.

Pode a UE dar-se ao luxo de enfrentar aquele que é o estado-tampão entre a vaga migratória sem precedentes e as fronteiras de uma União que decide a várias vozes?

Presos na armadilha a que se armadilharam, meia dúzia de índices económicos dependentes de demasiadas variáveis, profetas confiantes nas suas profecias é um ver se avias, a saltar da carroça…

A democracia portuguesa precisa que os eleitores escolham para seus representantes personalidades que sejam referências morais inquestionáveis.