InícioOpinião
Opinião

Políticos e partidos deixaram-se aprisionar pelo populismo primário clubístico, não distinguindo entre os interesses privados dos clubes, a missão pública dos partidos e as responsabilidades do Estado.

Por mais otimistas que sejam as entidades financiadoras e por mais visionário que seja o seu fundador, uma empresa só o é, na verdadeira aceção da palavra, quando gera lucros.

Este Israel constituiu-se num estado pária, que é a negação de todos os princípios que levaram à nobreza fundadora dos que lhe deram a possibilidade de existir.

Pela primeira vez na história da UE, um dos seus principais Estados apresta-se a ser governado por influência dos populismos antissistémicos e assumidamente antieuropeus.

Há duas maçonarias: a dos princípios e a dos negócios. António Arnaut foi, para além do pai do Serviço Nacional de Saúde, um homem de princípios. Morreu há pouco e deixa um grande exemplo de vida, sempre norteada pela ética, pela deontologia, pela preocupação com os outros e a construção de um Estado mais justo.

Num intervalo de apenas dois dias, tive a oportunidade de verificar como as fronteiras da Europa já não são o que idealizámos.

Em Portugal, as famílias mais pobres têm uma taxa de sobrelotação da habitação sete vezes superior às famílias mais ricas.

Tudo o que está ligado ao futebol é rodeado de violência. Desde a mais tenra idade e em todas as circunstâncias. E nada vai mudar isso.

PUB
PUB
PUB