InícioOpinião
Opinião

A cooperação entre ‘fintechs’ e instituições financeiras permitirá criar modelos de 'rating' mais fiáveis, com melhor capacidade preditiva e enquadrados nas exigências regulatórias.

Mais do que a classificação por estrelas, os comentários virtuais são hoje uma ferramenta poderosíssima de publicidade dos empreendimentos turísticos.

Esta é uma carta de condução que pode ser utilizada em qualquer parte do mundo, numa era em que se circula globalmente mais do nunca.

No atual contexto de transformação digital, as principais empresas nacionais têm feito um investimento significativo em plataformas tecnológicas para aumentar a produtividade, a colaboração e a inovação.

É natural que as funções concentradas durante muitos anos numa única pessoa passem a ser assumidas por várias. Situação que poderá ser, em si mesma, bastante proveitosa.

Das duas, uma: ou as taxas de longo prazo sobem de maneira a que a curva fique mais inclinada, ou a Reserva Federal vai ter que abrandar o ritmo de subidas a não forçar a temida inversão da curva de taxas de juro.

Estamos perante uma genial metamorfose das relações de produção, em que milhões de pessoas não cobram ordenado nenhum, mas dedicam uma boa parte do seu tempo a gerar dividendos para os gigantes tecnológicos. É a economia da atenção, superficial e caricatural.

No romance histórico que deu origem ao célebre filme de Stanley Kubrick, Howard Fast descreve o gladiador Spartacus como o líder de uma gloriosa revolta contra o brutal sistema de escravidão em que assentava a economia da Roma Antiga.

PUB
PUB
PUB