InícioFinançasFinanças Pessoais
Finanças Pessoais

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais decidiu conceder mais tempo para o cumprimento de uma obrigação que só este ano entra em vigor.

Revisão do regulamento de gestão do Fundo de Certificados de Reforma abandona o critério de notação dos bancos por agência de 'rating' que era usado até aqui para se adaptar às normas europeias.

Apesar de a linha de apoio não estar a funcionar, tanto o Ministério das Finanças como o Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos consideram que não deverá haver prolongamento do prazo para validar faturas.

O Banco de Portugal apresentou esta quinta-feira novas regras para os contratos de crédito celebrados depois de julho de 2018, que impõe três limites para o acesso a empréstimos. Perceba o que muda e as razões para a recomendação.

Nos próximos meses, os clientes da Caixa Geral de Depósitos vão sentir alterações nas comissões. Clientes com cadernetas e Cartão Megajovem podem ter de pagar mais, mas novos créditos poderão ser beneficiados. Veja as principais mudanças nos preçários, divulgadas pelo banco.

"O Banco Santander Totta não processa transferências com origem em negócios relacionados com bitcoin”, revela uma carta enviada pela empresa de câmbio Bitstamp.

No comunicado na página de internet da OCC, a bastonária, Filomena Moreira, explica que o adiamento se prende com “constrangimentos e problemas” sentidos nos últimos dias no portal das Finanças, criando problemas nomeadamente na submissão da declaração periódica do IVA e da DMR.

Retenção de IRS começa para quem ganha mais de 632 euros. Alívio no imposto deste ano vem do aumento do número de escalões do IRS e do mínimo de existência. Trabalhadores dependentes com salários até 3.094 euros vão pagar menos imposto.

/