Energia

O primeiro exportador mundial de petróleo reforçou a importância da união de esforços entre os países produtores da OPEP e não-membros do cartel, na última reunião ministerial.

São mais de 90 milhões de euros que as produtoras de eletricidade terão de devolver, através do preço das tarifas.

Os três projetos com maior potencial de impacto no mercado receberão uma contribuição financeira e apoio à aceleração e ao crescimento empresarial avaliada em mais de 50 mil euros.

A produção de petróleo dos Estados Unidos apoia-se na subida do preço do petróleo, que aumentou para níveis acima dos 60 dólares e máximos desde dezembro de 2014, adianta a AIE, organismo dependente da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico).

Economista está a terminar o mandato como ‘chairman’ da EDP e pretende continuar ativo, em empresas nacionais e internacionais.

A eletricidade depara-se com três tendências: competitividade das renováveis, paradigma da produção distribuída e massificação dos veículos elétricos.

A evolução do mercado dos combustíveis em Portugal está alinhada com a União Europeia. Particularmente nos últimos 15 anos, os registos mostram que, em Portugal, o consumo da gasolina tem vindo a diminuir, enquanto o do gasóleo se mantém constante, exceto no período de crise económica.

O cenário estabelecido pelo World Energy Outlook 2017, divulgado pela Agência Internacional de Energia (AIE), elenca como grandes mudanças a marcar os nossos dias a rápida implantação e a queda dos custos das tecnologias de energia renovável; a crescente eletrificação da energia, a mudança para uma economia mais orientada para os serviços e um cabaz energético mais limpo na China; a par da resiliência do petróleo e do gás de xisto nos Estados Unidos da América. Este documento trouxe uma atualização completa relativa à oferta e à procura em 2040, com base em diferentes cenários.