InícioAdvisory
Advisory

Educar para uma cultura de compliance é um desafio a que a indústria deve saber responder. Portugal pode aprender com a Rolls Royce.

O Observatório de Compliance e Regulatório promoveu a 23 de maio uma conferência sobre branqueamento de capitais, com apoio do Jornal Económico.

É fundamental continuar a valorização das cidades tornando-as mais amigas daqueles que nelas vivem, trabalham e visitam, e assegurar uma fiscalidade justa e estável.

O grupo responsável pelo apoio jurídico foi composto por João Torroaes Valente, Joaquim Caimoto Duarte, Pedro Teixeira de Sousa, Hélder Santos Correia e Sara Cabecinha.

Num debate sobre branqueamento de capitais e media, frente a Nuno Ferreira Lousa, advogado da Linklaters, o também advogado da Cuatrecasas, sustenta que há uma "grande promiscuidade" entre a investigação e os media, o que pode comprometer os processos judiciais.

O novo regulamento de proteção de dados pessoais chega daqui a um ano e vai obrigar as empresas a rever globalmente os seus procedimentos nesta matéria. Não há tempo a perder, aconselha Leonor Chastre.

Ao publicar o projeto de Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados em janeiro de 2012, a Comissão Europeia deu início a quatro longos anos de discussões, negociações e movimentos de lobby, como raras vezes se assistiu no seio da União.

A formação, organizada em parceria com a Associação Comercial de Braga, acontece no próxima quinta-feira, dia 25 de maio.