InícioPosts Tagged "Dow Jones"

Praças norte-americanas seguem sem tendência definida e com variações ligeiras enquanto aguardam as declarações de Janet Yellen sobre o 'timing' da terceira subida da taxa diretora este ano e a redução da folha de balanços.

Os investidores não estão confiantes que a Fed aumente a taxa de juros diretora, mas é esperado que o banco central dê início à redução do balanço.

Os três principais índices norte-americanos tocaram máximos de sempre intra-day.

Regime de Pyongyang lançou um novo míssil não identificado, que sobrevoou a ilha japonesa de Hokkaido esta madrugada e foi visto como mais uma ameaça da Coreia do Norte. Wall Street abriu pouco alterado.

A taxa de inflação de agosto foi de 1,9%, mais próximo da meta da reserva federal norte-americana, numa altura em que é determinante para a Fed avançar ou adiar uma nova subida da taxa de juros na reunião de setembro.

Praças norte-americanas têm negociado mistas ao longo do ano, com recuos periódicos.

O Dow Jones foi abalado pelo furacão Irma, mas o impacto durou pouco, enquanto a Bolsa de Lisboa ficou marcada pela volatilidade do BCP. O dólar chegou a tocar mínimos de 2015, mas recuperou nas últimas duas sessões. O preço do petróleo subiu com o furacão e novos dados da OPEP.

Todas as atenções estavam viradas para a gigante tecnológica, que apresentou o novo iPhone. A antecipação era grande, mas durante o evento as ações começaram a cair.

A expetativa é grande em relação à apresentação do novo iPhone. Os três principais índices norte-americanos seguem a subir, depois de ontem terem fechado com ganhos superiores a 1%.

Wall Street inicia a semana a negociar em terreno positivo depois do enfraquecimento da tempestade tropical.

PUB
PUB
PUB