InícioPosts Tagged "Dow Jones"

Enquanto as últimas sessões têm sido penalizadas pelo adiamento da reforma fiscal nos Estados Unidos, os investidores voltaram esta quinta-feira a focar-se nos resultados. O S&P 500 e o Nasdaq lideram.

No mercado cambial, o dólar deprecia-se em comparação com às principais, a desvalorizar mais de 1% para 0,847 euros.

Economista-chefe da Raymond James explica que, com a época de resultados a chegar ao fim e dados económicos distorcidos devido aos furacões, o mercado vai continuar em espera até uma decisão sobre a lei fiscal.

O debate sobre a nova lei fiscal começou esta semana no Senado e, se aprovada, poderá significar um corte nas taxas pagas pelas empresas. O possível adiamento está a penalizar as bolsas norte-americanas.

O 'Trump rally' foi impulsionado pelas promessas do republicano, que tem tido dificuldades em cumprir as bandeiras que o levaram à Casa Branca e nem a dificuldade em aprovar as propostas conseguiram refrear o entusiasmo dos mercados.

As ações do Snapchat afundaram 18% depois de a empresa ter reportado contas esta terça-feira. O índice tecnológico Nasdaq foi o mais castigado.

Wall Street negoceia esta terça-feira com ganhos. Em plena Web Summit, o 'opening bell' do índice tecnológico tocou na Altice Arena.

O índice tecnológico Nasdaq subiu 0,33% para 6.786,44 pontos, no dia em que a empresa Broadcom formalizou uma oferta pública de aquisição (OPA) da Qualcomm, por 130 mil milhões de dólares.

O índice tecnológico Nasdaq lidera os ganhos, depois de a agência Bloomberg ter noticiado que poderá estar a ser preparada a maior fusão de sempre no setor tecnológico.

Os mercados norte-americanos reagem sem tendência definida depois de terem sido conhecidos os primeiros arguidos da investigação ao caso da ingerência russa nas eleições presidenciais.