WE’BIZ Pitch: Startups têm entre 500 mil a 5 milhões à sua espera

Chris Wade, venture partner da Octopus Ventures, pré-selecionou as 10 startups de elevado potencial, cujo modelo de negócio vai avaliar na ronda de investimento.

A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários abre as portas amanhã, dia 19, a uma nova ronda de financiamento WE’BIZ, entre as 09h30 e as 12h30, na sua sede, no Porto.

A sessão conta com a participação de 10 startups que tentam convencer o venture partner da Octopus Ventures,  Chris Wade, a injetar capital e know-how nos seus projetos, com tickets de investimento entre os 500 mil e cinco milhões de euros.

As sessões WE’BIZ Pitch, periodicamente organizadas pela ANJE, têm como missão facilitar a captação de investimento das startups portuguesas, através de rondas de investimento com agentes privados e de capital de risco com intervenção em diferentes ecossistemas empreendedores.

Sobre esta nova ronda, Rafael Alves Rocha, diretor de comunicação da ANJE, refere, em comunicado, que as 10 startups pré-selecionadas “têm uma janela aberta para captar smart money (capital e know-how) de um agente de venture capital que gere um fundo de 540 milhões de libras e investe em projetos que procuram investimento seed ou Series A em diferentes geografias da Europa”. O responsável acrescenta ainda que “tendencialmente, os investimentos da Octopus Ventures podem chegar até ao milhão de libras nos projetos Seed e o valor dispara para o intervalo entre os dois e os cinco milhões de libras nas startups que procuram investimentos Serie A”.

Conheça as 10 startups que procuram financiamento: 

Agroop – projeto do setor agrícola que disponibiliza uma ferramenta de gestão bilateral de processos e produtos e uma rede social com finalidades informativas e comerciais. Neste espaço, produtores, associações, cooperativas, grossistas e indústria partilham as inovações e últimas tendências do setor.

eSolidar – projeto criado para que as pessoas possam apoiar as causas sociais e as organizações sem fins lucrativos com que mais se identificam e preocupam. O projeto da eSolidar é uma loja solidária online, onde é possível comprar, vender ou doar. O registo é gratuito.

Facestore – Esta startup tecnológica permite abrir lojas online e vender produtos diretamente nas redes sociais, numa loja online (domínio próprio) e dispositivos móveis. O projeto combina, numa plataforma, várias funcionalidades para os negócios de comércio eletrónico, como múltiplas lojas em múltiplos canais, ferramentas de marketing, pagamentos integrados, serviço de faturação automático e suporte ao cliente.

Fibersail – tecnologia que permite monitorizar a condição de estruturas críticas como as turbinas eólicas. O sistema desenvolvido pela Fibersail mede a forma de estruturas remotamente em tempo real e combina com informação sobre o ambiente atmosférico para gerar conhecimento sobre a condição efetiva e o comportamento de pás eólicas. Os dados produzidos possibilitam uma maior eficiência, a prevenção de falhas e a redução dos custos de manutenção com as torres eólicas.

Glartek – A Glartek combina a experiência na gestão de campo, com o know-how no desenvolvimento de soluções para a indústria, para fornecer conhecimento relevante e especializado nas áreas de IOT (Internet of Things), cloud analytics e realidade aumentada.

Glexyz – A Glexyz oferece teste de produtos com 80% de poupança nos recursos de tempo e produção envolvidos. O software da startup viabiliza o desenho e teste de qualquer produto num ambiente virtual 3D, permitindo observar o comportamento e o desgaste dos objetos sob diferentes condições.

HUUB – A marca é baseada na teoria “Hub & Spoke” e na vontade de ir mais além do que é visível, a HUUB assume o desígnio de construir uma órbita de marcas onde a sua insígnia assume o papel de centro gravitacional.

ISSHO Technology – O software desenhado permite a produtores e retalhistas personalizar e ajustar as peças de mobiliário na hora, reduzindo o período despendido para a produção, os custos de fabrico e as probabilidades de erro. O utilizador tem aoenas que definir o modelo, a dimensão, a textura e a cor do objeto a produzir, viabilizando o seu (re)desenho em alguns minutos.

Muzzley – startup que viabiliza a integração e o trabalho conjunto de todos os dispositivos inteligentes, adaptando a solução às preferências dos utilizadores. Esta funcionalidade pode ser útil, por exemplo, para automatizar completamente uma casa.

YouBeep – solução tecnológica que permite aos retalhistas reduzir o tempo de checkout em 70%, enquanto os consumidores acedem in loco ao custo de cada produto, bem como aos descontos em vigor. A utilidade do YouBeep permite preparar listas, aceder às últimas operações e consultar suportes informativos relevantes para o processo de compra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Mais notícias