Wall Street em alta à boleia do acordo entre Arábia e Rússia no petróleo

O Nasdaq fechou em máximos ao subir 0,46% para 6.149,67 pontos. O índice Dow Jones valorizou 0,41% para 20.981,94 pontos. Finalmente o S&P 500 valorizou 0,48% para 2.402,32 pontos.

REUTERS/Lucas Jackson

A Arábia Saudita e a Rússia acordaram cortar a produção de petróleo até março de 2018 e isso foi a pedra de toque do mercado de capitais hoje. O próximo passo é convencer os outros membros da OPEP a fazer o mesmo, já na próxima reunião de 25 de maio.

Precisamente o ‘ouro negro’ disparou no mercado norte-americano (o petróleo West Texas) 2,17% para 48,88 dólares. No mercado londrino, o Brent valorizou 1,97% para 51,84 dólares.

O índice Dow Jones valorizou 0,41% para 20.981,94 pontos. As empresas do índice foram influenciadas pela notícia do crude. A Caterpillar valorizou 1,71%. As petrolíferas também em alta. A Exxon Mobil subiu 0,30%; a Chevron ganhou 0,83%. Noutros setores a Johnson & Johnson subiu 2,71% e também a rede social Twitter ganhou na bolsa, 3,33%.

Os outros índices, também fecharam em alta. O S&P 500 valorizou 0,48% para 2.402,32 pontos e o Nasdaq em máximos ao subir 0,46% para 6.149,67 pontos.

A nível empresarial, as acções das companhias de segurança cibernética subiram na bolsa depois do ataque global do  ‘ransomware’ que se viveu na passada sexta-feira. A Cisco System ganhou na sessão 2,33%.

 

Mais notícias
PUB
PUB
PUB