Visa dá 500 mil dólares a restaurantes e cafés que deixem de aceitar pagamentos em dinheiro

"Dinheiro já não é rei", considera a empresa de serviços financeiros. O Visa Cashless Challenge vai dar até 43 mil euros a 50 proprietários de espaços de alimentação nos Estados Unidos da América que se comprometeram a ficar“100% sem dinheiro”.

A Visa lançou recentemente uma campanha para convencer os pequenos negócios de restaurantes, cafés e carrinhas de alimentos a deixar de aceitar dinheiro, obrigando os clientes a pagar com cartões de crédito ou a realizar pagamentos digitais. A iniciativa da Visa, designada Visa Cashless Challenge, foi apresentada na quarta-feira e constituiu um dos esforços da firma de serviços financeiros para incentivar as empresas a largarem de uma vez por todas o cash.

“Com o objetivo de criar uma cultura onde o já não é dinheiro não é rei, o programa dará aos comerciantes maior capacidade de aceitar todas as formas de pagamentos digitais a nível global. A Visa vai encorajar e ajudar os comerciantes a deixarem o dinheiro usando a inovação em sua própria vantagem e para se manterem competitivamente ligados aos seus clientes”, argumenta a empresa norte-americana, em comunicado.

A grande novidade é o prémio que da mudança virá. A Visa adiantou que irá dar até 500 mil dólares (cerca de 43 mil euros) a 50 proprietários de espaços de alimentação nos Estados Unidos da América que se comprometeram a juntar-se à missão “100% sem dinheiro”. O auxílio monetário servirá para financiar desenvolvimentos tecnológicos, que podem variar entre instalação de plataformas que aceitam pagamentos por telefones, relógios inteligentes ou outros dispositivos.

“Com 70% do mundo, ou mais de cinco mil milhões de pessoas, ligadas através de dispositivos móveis até 20201, temos uma oportunidade incrível de educar os comerciantes e os consumidores sobre a eficácia deixar o dinheiro”, afirmou Jack Forestell, responsável da área comercial da Visa, frisando que a empresa acredita que, neste momento, se pode estar em qualquer lugar e que, por isso, deve ser cada vez mais fácil de pagar e receber de diversas maneiras.

PUB
PUB
PUB