Um milhão. É esta a dívida dos hospitais às farmacêuticas… por dia

Dívida aumenta todos os dias. "Há um problema financeiro com a saúde em Portugal", disse o presidente da Apifarma ao Público.

Desde janeiro deste ano que a dívida dos hospitais públicos à indústria farmacêutica voltou a aumentar, ao ritmo de um milhão por dia, escreve hoje o jornal Público.

Em dezembro do ano passado houve uma quebra acentuada na dívida total, depois de uma injeção extraordinária de capital.

A Associação Portuguesa da Industria Farmacêutica revelou que a dívida aumentou 36,6 milhões de euros, totalizando 844,6 milhões, contra os 779,9 milhões de dezembro de 2016.

A dinâmica das dívidas na saúde em Portugal está a aumentar, e, por esse mesmo motivo, o Conselho Estratégico Nacional de Saúde defende que está na hora de haver um debate sobre o financiamento do sistema de saúde, para que até ao final do primeiro semestre, ainda deste ano, haja um “contributo estruturado para uma inovadora Lei de Meios do SNS”.

Mais notícias