Uber une-se à Yandex na Europa de Leste 

A Uber anunciou uma parceira com a Yandex, sua rival na Rússia. A parceria tomará forma de uma nova empresa, ainda sem nome, e será válida naquele mercado e de alguns países da Europa de Leste. 

Famosa por entrar nos mercados decidida a combater a concorrência, em alguns mercados a Uber acaba por encontrar um caminho de conciliação com os seus rivais. Tal foi o caso da China, com o negócio feito com a Didi em 2016, e será o caso agora na Rússia.

Em declarações oficiais, a Uber anunciou ter chegado a acordo com a Yandex, gigante russa da Internet que detém um motor de busca com o mesmo nome e uma app que rivaliza com a da Uber. De acordo com o comunicado, as duas empresas unirão os seus negócios numa terceira empresa, cujo nome ainda não foi revelado, e que operará na Rússia em em vários mercados adjacentes da Europa de Leste.

Pendente de aprovação por parte das autoridades da concorrência locais, a nova empresa será avaliada em 3,4 mil milhões de dólares, quase três mil milhões de euros. Aos comandos da nova empresa ficará Tigran Khudaverdyan, CEO da Yandex.Taxi. Ainda parte do negócio é o investimento de 225 milhões de dólares por parte da Uber e 100 milhões por parte da Yandex, que, apesar do menor investimento, ficará com a maior parte da nova empresa, mais precisamente 59.3%. do restante, 36,6% ficarão nas mãos da Uber, ao passo que os 4,1% que sobram pertencerão aos trabalhadores.

No total, a nova empresa operará em 127 cidades, distribuídas por seis países. Entre as duas empresas que agora se fundem foram feitos 35 milhões de viagens em junho, responsáveis por mais de 130 milhões de dólares (cerca de 113,5 milhões de euros).





Mais notícias
PUB
PUB
PUB