Uber Freight: Uber chega ao transporte de carga

Destinada aos transportadores independentes, a Uber Freight promete contração de cargas mais rápidas e valores garantidos.

A Uber estendeu a sua atividade ao transporte de mercadorias. A empresa lançou o serviço Uber Freight, uma nova app que funciona de forma idêntica ao serviço de passageiros, ligando empresas ou particulares que necessitem de transporte de carga a camionistas independentes. Os transportes podem ser agendados com várias semanas de antecedência ou no próprio dia.

Nos EUA, onde atualmente está a funcionar a nova app da Uber, os camionistas independentes têm de negociar o preço dos fretes com o cliente, o que com esta app não acontece. O preço da Uber Freight é predeterminado e garantido pela empresa. Assim que um camionista termina o serviço de transportes, o pagamento é processado e o camionista recebe o montante previamente acordado num prazo máximo de sete dias, diz a Uber, que através de porta-voz diz o seguinte acerca da sua política de preços: “A distância é um dos fatores mais importantes para a determinação dos nossos preços, tal como o tipo de carga, os locais e outros. Tal como com o serviço Uber, levamos em linha de conta as dinâmicas locais do mercado para ligar a oferta e a procura”.

Sem ser um serviço revolucionário, este novo serviço da Uber pretende tornar o mercado mais conveniente para os clientes, mas também para os camionistas, que passarão a receber no seu telefone os serviços disponíveis para a sua localização. Ao contrário do que acontece com o serviço de transporte de passageiros, cujo serviço é automaticamente atribuído a um condutor, são os camionistas a escolher o serviço que pretendem realizar.

Mas a Uber Freight pode ter implicações negativas a longo prazo. Um dos objetivos conhecidos da empresa é o de desenvolver camiões sem condutor, criando uma rede de transporte automatizada de transporte. Este passo intermédio pode ser visto como uma forma de recolher dados sobre empresas e necessidades de transporte, bem como estabelecer-se como top of mind nos clientes e preparar assim o caminho para os camiões autónomos.





Mais notícias