Tem uma ideia para Lisboa? Orçamento Participativo já aceita propostas

As propostas podem ser apresentadas até dia 11 de junho e a autarquia vai investir 2,5 milhões de euros nos projetos vencedores.

Arrancou esta terça-feira o período de entrega de propostas para o orçamento participativo de Lisboa de 2018. Para o próximo ano, em que se comemora o décimo aniversário do orçamento participativo, há 2,5 milhões de euros para serem distribuídos pelos projetos vencedores, ou seja, que contem com pelo menos 250 votos, de acordo com as novas regras. Outra alteração é que os projetos têm de ter um valor superior a 50 mil euros.

O objetivo das mudanças ao orçamento participativo é “diminuir a quantidade de propostas e aumentar a sua qualidade”, como explicou o vereador com o pelouro da Relação com o Munícipe, Jorge Máximo, ao Diário de Notícias. “A verba disponível é, tal como aconteceu nos outros anos, de 2,5 milhões, sendo que nos primeiros foi de cinco milhões. Promovemos duas alterações: só aceitaremos projetos com valor superior a 50 mil euros e os vencedores terão de ter no mínimo 250 votos”.

O período de entrega de propostas decorre até ao dia 11 de junho. Depois desta fase, será feita a análise técnica das propostas e apresentada a lista provisória de projetos. A votação acontece até dia 20 de novembro. Desde o início do orçamento participativo, foram apresentados 5770 propostas e realizados mais de 230 mil votos. Entre 2008 e 2016, a autarquia investiu 31 milhões de euros no orçamento participativo.

PUB
PUB
PUB