Televisão Digital Terreste chega a Cabo Verde

A primeira fase da televisão digital em Cabo Verde já está concluída. Cobre mais de 75% da população do arquipélago, o que equivale a quatro ilhas, de acordo com a ANAC.

A Agência Nacional das Comunicações (ANAC) avançou em comunicado de imprensa à agência Lusa que quatro ilhas do arquipélago de Cabo Verde estão abrangidas pela emissão de rádio e televisão digital terrestre (TDT).

Santiago, Maio, Sal e São Vicente são as ilhas com cobertura, o que corresponde a 75% da população do arquipélago abrangida pela TDT. No momento, ainda está em fase experimental, mas já são cinco programas de televisão e seis de rádio.

Ao que tudo indica a percentagem inicial da população abrangida pode ser superior, pois de acordo com a ANAC, em ilhas vizinhas como Santo Antão, Fogo, Boavista e São Nicolau também é possível receber o sinal.

Os cidadãos para terem acesso a emissão têm de ter o sistema de transformação para digital incorporado, ou podem adquirir a caixa descodificadora do sinal, que custa cerca de 18 euros, e os televisores DVB-T2.

Inicialmente, era esperado 60% de cobertura da população, mas no momento são mais de 75%. Ainda haverá uma segunda fase que pretende cobrir as restantes ilhas do arquipélago.

O “apagão” analógico, de acordo com o ministro das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, citado pela Lusa, deverá começar por fases, ainda este ano.



Mais notícias