TAP: Renegociação da dívida concluída e oferta de venda aos trabalhadores avança

Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, confirmou desenvolvimento destes processos.

Paulo Whitaker/Reuters

“Está tudo encerrado, mesmo com os bancos mais pequenos, e agora nas próximas semanas vamos lançar a oferta pública de venda (OPV) das ações aos trabalhadores para concluir este processo, para estabilizar a estrutura acionista, para nomear o conselho de administração e normalizar a empresa como foi o nosso propósito desde o início”, afirmou Pedro Marques aos jornalistas, à margem de uma iniciativa fechada à imprensa organizada pelo Millennium BCP, que decorreu no Palácio do Freixo, no Porto.

Segundo o governante, com a conclusão deste processo de renegociação da dívida da TAP, “o Estado está hoje, estará amanhã, daqui a 10 anos, daqui a 20 anos,” na estrutura acionista da empresa de transporte aéreo nacional.

“A nossa companhia de bandeira é portuguesa e assim vai permanecer”, sublinhou Pedro Marques.

O ministro disse ainda ter “uma boa expetativa” quanto à OPV, afirmando que os representantes dos trabalhadores da TAP têm transmitido que “muitos trabalhadores vão aderir”.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB