Startup retalhista Sensei capta investimento de meio milhão de euros da Sonae, Metro AG e Techstars

O financiamento português, alemão e norte-americano vai permitir à Sensei investir em Inteligência Artificial e ‘video intelligence’ para analisar o que acontece dentro de uma loja ou supermercado.

A startup Sensei anunciou esta segunda-feira, 26 de fevereiro, que captou um investimento pre-seed de meio milhão de euros das retalhistas Sonae IM e Metro AG e do acelerador Techstars. O financiamento das empresas portuguesa, alemã e norte-americana vai permitir à retalhista investir em Inteligência Artificial e video intelligence para analisar o que acontece dentro de uma loja ou supermercado.

A empresa fundada há um ano por Vasco Portugal, Joana Rafael e Paulo Carreira contou ainda com o apoio de um grupo de ‘investidores-anjo’, as pessoas que apostaram com o seu próprio capital. “A nossa missão é digitalizar o mundo físico do retalho, tornando as lojas mais inteligentes e capazes de interpretar as necessidades dos clientes, juntando o melhor dos dois mundos: a emoção da experiência de compras numa loja física e a eficiência de ter todas as operações interconectadas de uma loja digital”, afirma Vasco Portugal, um dos fundadores do Sensei.

A startup desenvolveu soluções de software, como perspetivas 360, que permitem detetar prateleiras vazias, ver o espaço que os clientes percorrem no local, perceber se os produtos expostos captam a sua atenção, contabilizar o fluxo de entrada e saída, bem como verificar se as interações dos indivíduos se traduzem em compras.

“O que mais nos atraiu na Sensei foi a sua capacidade de inovar e o talento da equipa que suporta o seu desenvolvimento. Esta sinergia é fundamental na hora de investir, porque só desta forma temos a certeza de que entregamos uma solução capaz de ter um impacto positivo”, destaca o responsável da Sonae Alexandre Teixeira dos Santos, IM Head of Portfolio Development da empresa nacional. “Disponibiliza informação que ajuda as lojas físicas a compreender melhor os seus clientes e a implementar ferramentas que ajudam no crescimento das vendas.”, completa Olaf Koch, CEO do Metro AG.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB