Sporting CP confirma buscas e dois colaboradores constituídos arguidos

O Sporting CP confirmou, através de comunicado no seu site, as buscas efetuadas nas instalações do clube e que dois colaboradores foram constituídos arguidos.

O Sporting CP confirmou hoje, em comunicado no seu site, que “foram realizadas, no dia de hoje, buscas nas instalações do Clube, no âmbito de uma investigação que se encontra em segredo de justiça” e que, nesse âmbito, “dois colaboradores foram constituídos arguidos”.

Na mesma comunicação, o clube verde e branco afirma que “confia na justiça e, como sempre defendeu, prestou e prestará toda a colaboração necessária ao apuramento da verdade”.

No âmbito da operação “Cash Ball”, que levou nesta terça-feira a buscas na SAD do Sporting, a Polícia Judiciária (PJ) está a seguir o rasto do dinheiro que alegadamente terá servido para o Sporting comprar os árbitros de andebol com o objetivo de ajudarem o clube a ganhar o campeonato na época 2016/17. Na mira dos investigadores estão os movimentos e extractos bancários da SAD para perceber se os levantamentos em dinheiro foram efectuados, ou não, à margem da contabilidade oficial do clube, apurou o Jornal Económico. Buscas da PJ levaram já a quatro detenções. Entre os detidos está o diretor do futebol do Sporting, André Geraldes, que não tinha acesso às contas da SAD do Sporting, segundo os regulamentos.

O Jornal Económico sabe que a PJ quer apurar se o alegado esquema de corrupção no andebol passou pelo crivo do administrador financeiro da SAD, Carlos Vieira, responsável que tem acesso às contas bancárias. Ou se, em alternativa, existe uma espécie de ‘saco azul’ no clube, à margem da administração da SAD. Neste último caso, investigadores terão de apurar como é que este ‘saco azul’, sem comprovativos internos, é alimentado para suportar o alegado esquema de corrupção.

As autoridades judiciárias estão a efetuar buscas em Alvalade e noutros locais relacionados com o Sporting Clube de Portugal, nomeadamente a residências dos arguidos, devido às suspeitas de corrupção no andebol que terão sido estendidas a outras modalidades como o futebol.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB