SPE distribui lucros de 77 milhões pelos acionistas

A Sociedade Portuguesa de Empreendimentos fechou ontem, em assembleia geral, o exercício de 2016, com lucros a distribuir pelos acionistas

notas_euros_dinheiro_1

Em 2016, foi concretizado o acordo entre a Sociedade Portuguesa de Empreendimentos, SA (SPE) e a sociedade Angolana Endiama, que contemplava a venda da participação minoritária da SPE no capital SML – Sociedade Mineira do Lucapa à Endiama, colocando fim a um impasse de vários anos, anunciado num comunicado.

O acordo permitiu amortizar a totalidade da dívida da SPE à banca, apurar os lucros gerados, e criar as condições para que, na assembleia geral de ontem, fosse aprovada a distribuição de um valor superior a 77 milhões de euros por mais de quatro mil acionistas. Com a extinção do objeto social da empresa, os acionistas deliberaram ainda a dissolução da SPE, que é maioritariamente detida pela Parpública.

 

  • Born in 1960

    E quanto é que cabe aos trabalhadores? Pois sem eles nunca teriam estes lucros.

    • CALABOTE

      Porquê? Têm salários em atraso? Também sem empresas não teriam trabalho!

      • Born in 1960

        Os administradores e acionistas levarem comerem sozinhos os lucros é tipico da desvalorização do trabalho humano.

  • Revoltado

    Pena é que os Credores não tenham a mesma sorte…se soubesse o que sei hoje teria ficado com as acções….já sei que podem levar anos mas um dia elas terão valor….mas quem sabe nunca nos avisa e os que nada sabem ….ficam com elas…são os tais donas brancas….com penteados gay…malandros….

  • O manjerico.

    Os gananciosos a distribuir o graveto entre si.