Sonae: Lucros recuam mas receitas crescem até março

O grupo cresceu volume de negócios em 6% no primeiro trimestre, a nível operacional.

Foto cedida

A Sonae fechou o primeiro trimestre com lucros de 8 milhões de euros, sendo que este recuo é de 72,1% se o comparáramos com o período homólogo do ano passado.

Em comunicado remetido à CMVM, o grupo Sonae esclarece que “o ano de 2017 começou bem para a Sonae. Num trimestre desafiante no comparativo com o período homólogo, crescemos em todos os negócios assegurando rentabilidade em linha com as nossas expectativas. Em termos consolidados, o volume de negócios aumentou 6% e o underlying EBITDA cresceu 12,7%, destacando-se a boa evolução do retalho especializado”.

O resultado financeiro líquido da Sonae situou-se em 8 milhões de euros negativos, melhorando 6 milhões quando comparado com o 1º trimestre de 2016, devido à diminuição, em termos homólogos, do custo das linhas de crédito, informou a Sonae à CMVM. “O custo médio das linhas de crédito utilizadas situou-se em 1,3% a 31 de março de 2017, mantendo o nível registado no final de 2016, mas diminuindo de forma significativa quando comparado com o custo de 2% registado há um ano atrás”, revelou o grupo.

PUB
PUB
PUB