SNS. Grande parte dos equipamentos “está fora do prazo de validade”, garante bastonário dos Médicos

Miguel Guimarães realçou que a Ordem dos Médicos está a fazer um levantamento da situação dos equipamentos no país e antecipou o relatório que deverá estar pronto durante o primeiro trimestre do próximo ano.

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, alertou hoje que grande parte dos equipamentos “está fora do prazo de validade” e que os 160 milhões de euros previstos para o investimento no Sistema Nacional de Saúde (incluindo equipamentos e edifícios) no próximo ano, é insuficiente.

Para o bastonário, “se se quiser equilibrar o SNS tem de se investir bem mais do que isso.

“Não há nenhum hospital que não tenha problemas com equipamentos, às vezes são os mais insuspeitos, os maiores hospitais, que têm mais problemas”, afirmou Miguel Guimarães.

 



Mais notícias