Semana Mundial do Investidor: reguladores juntam-se pela educação financeira

Até sexta-feira, 78 países vão organizar iniciativas focadas na promoção da educação e proteção de investidores. Veja aqui as atividades organizadas pela portuguesa Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Começa esta segunda-feira a Semana Mundial do Investidor, uma iniciativa da organização das comissões de valores, a International Organization of Securities Commissions (IOSCO). Portugal está entre os 78 países que vão organizar iniciativas focadas na promoção da educação e proteção de investidores.

“A World Investor Week (WIW) é uma campanha global, de uma semana, por meio da qual a IOSCO promoverá a conscientização quanto à importância da educação e proteção dos investidores, destacando as várias iniciativas dos reguladores de mercados de capitais nessas duas áreas críticas”, explicou o presidente do conselho da IOSCO e CEO da Comissão de Valores de Hong Kong, Ashley Alder, em comunicado.

Ao longo da semana, os reguladores na IOSCO vão organizar uma série de atividades, incluindo o lançamento de serviços e ações de comunicação para investidores, a realização de concursos para ampliar o conhecimento sobre iniciativas de educação de investidores, a organização de oficinas e conferências e a promoção de campanhas, locais e nacionais, em cada jurisdição.

Em Portugal, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) vai realizar uma jornada aberta da Biblioteca da CMVM, na segunda-feira, das 9h às 20h, com a presença de técnicos especializados no apoio ao investidor. Outras atividades incluem a participação de técnicos da CMVM em Biblioteca itinerantes em Lisboa, Grândola, Gouveia e Pombal.

Na quarta-feira, a CMVM organiza dois workshops sobre temas de inovação financeira – “A aplicação da tecnologia blockchain nos mercados de capitais” e “Robo-advice: o futuro do aconselhamento financeiro”, e um debate sobre o desenvolvimento do mercado de capitais. O regulador vai também inaugurar um prémio para a melhor tese de mestrado ou de doutoramento sobre inovação financeira.

“A WIW oferece uma oportunidade única para membros da IOSCO trabalharem em cooperação com todas as partes interessadas em educação e proteção dos investidores, tanto no nível local quanto internacional”, acrescentou o secretário-geral da IOSCO, Paul Andrews.



Mais notícias