Seedrs: Startups portuguesas captam quase 900 mil euros

Homeit, Corkbrick Europe e Agroop já excederam o objetivo e entraram em overfunding, sendo que a primeira já duplicou o financiamento inicialmente pretendido, para quase 510 mil euros.

A Seedrs, plataforma europeia de equity crowdfunding, tem a decorrer, pela primeira vez na sua história, três campanhas de financiamento de startups portuguesas e que já levantaram perto de 900 mil euros em dois meses.

A Homeit, plataforma portuguesa que permite gerir remotamente unidades de alojamento local, tornou-se na primeira startup portuguesa a financiar-se em tempo recorde, ao captar os 250 mil euros inicialmente pretendidos em apenas quatro dias, e já viu este montante duplicar para quase 510 mil euros.

Já a Corkbrick Europe, que desenvolveu um sistema inovador modular de construção por blocos de cortiça, também já concluiu a sua campanha de financiamento, ao conseguir levantar mais de 166 mil euros face aos 150 mil euros inicialmente pretendidos.

No caso da tecnológica Agroop, a startup para o setor agrícola concluiu a sua terceira campanha de financiamento na Seedrs e conseguiu levantar os 200 mil euros pretendidos. A campanha também entrou em overfunding, tendo já levantado mais de 220 mil euros.

Filipe Portela, diretor de desenvolvimento de negócios da Seedrs, refere, em comunicado, que “além de inédito, o facto de termos três campanhas de startups portuguesas a decorrer em simultâneo e em overfunding revela o interesse cada vez maior, tanto das empresas como dos investidores, no equity crowdfunding”. 

Recentemente, a Seedrs anunciou a criação de um mercado secundário para negociação de ações de empresas financiadas através da plataforma. A ferramenta, que estará disponível este verão, vai permitir aos investidores comprar e vender ações e pretende ajudar as empresas a atrair mais capital. A primeira janela de negociação, que aconteceu no início de junho teve mais de 138 lotes de ações listados dos quais mais de 54 foram comprados por investidores.

 

 

 



Mais notícias