Santander Totta impede clientes de receberem dinheiro investido em criptomoedas

"O Banco Santander Totta não processa transferências com origem em negócios relacionados com bitcoin”, revela uma carta enviada pela empresa de câmbio Bitstamp.

Cristina Bernardo

Os clientes do Santander Totta que investem em moedas virtuais foram impedidos de receber em euros o dinheiro em criptomoeda que tinham investido. Os cidadãos não conseguiram fazer transferências em euros para as suas contas bancárias de valores oriundos de bolsas da SEPA (Área Única de Pagamentos em Euros), conta o “Diário de Notícias/Dinheiro Vivo” desta sexta-feira.

O DN/DV refere que alguns clientes já mudaram de banco por causa deste inconveniente, mas a entidade bancária não fez comentários sobre a medida que terá sido implementada no final do ano passado.

“O Banco Santander Totta não processa transferências com origem em negócios relacionados com bitcoin. Isto significa que qualquer transferência para o seu banco seria rejeitada e devolvida para a Bitstamp”, revela uma carta enviada pela empresa de câmbio Bitstamp a um cliente do banco liderado por António Vieira Monteiro.

A empresa de câmbio de bitcoins sediada no Luxemburgo permite a negociação entre dólares e bitcoin e depósitos e levantamentos em dinheiro de dólares, euros, bitcoin, litecoin ou ethereum.

Especial 2018: A bolha das criptomoedas vai rebentar?






Mais notícias
PUB
PUB
PUB