Ryanair explica alterações das regras de ‘check-in’

A companhia aérea irlandesa sublinha que "este espaço temporal é o dobro das 24 horas para 'check-in online' permitidas pela British Airways, Aer Lingus, Norwegian ou a Iberia e superior ao período de 36 horas para o 'check-in online' da TAP.

Fonte oficial da Ryanair enviou ao Jornal Económico um comentário oficial sobre a alteração das regras de ‘check-in’ por parte dos passageiros a partir de 13 de junho, em reação à notícia publicada pelo Jornal Económico ontem, dia 16 de maio.

“O ‘check-in online’ (para clientes que não adquiriram assentos reservados) estará disponível a partir de 48 horas antes do voo e até duas horas da partida em todos os voos a partir de 13 de Junho”, explica a companhia aérea ‘low cost’.

A companhia aérea irlandesa sublinha que “este espaço temporal é o dobro das 24 horas para ‘check-in online’ permitidas pela British Airways, Aer Lingus, Norwegian ou a Iberia e superior ao período de 36 horas para o ‘check-in online’ da TAP.

“Esta pequena alteração irá permitir aos clientes que desejem reservar assentos mais tempo para escolher o seu lugar preferido antes da partida do voo”, conclui anota oficial da Ryanair enviada ao Jornal Económico.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB