RTP: Finanças já deram “concordância” a terceiro membro da administração

Em comunicado, o CGI anunciou que "indicou ao Governo o nome do membro do Conselho de Administração da RTP responsável pela área financeira, o qual mereceu a concordância do Ministério das Finanças".

O Conselho Geral Independente (CGI) anunciou hoje que estão “reunidas as condições” para que o Conselho de Administração da RTP possa ser investido nas suas funções, depois das Finanças terem dado “concordância” ao terceiro elemento.

Em comunicado, o CGI anunciou que “indicou ao Governo o nome do membro do Conselho de Administração da RTP responsável pela área financeira, o qual mereceu a concordância do Ministério das Finanças”.

Nesse sentido, o CGI “considera assim estarem reunidas as condições para que o Conselho de Administração da RTP possa, em breve, ser investido nas suas funções”.

O terceiro membro da administração da RTP é uma mulher, cujo nome não foi divulgado.

Este anúncio acontece na véspera do ministro da Cultura ser ouvido no parlamento, no âmbito de uma audição regimental.




Mais notícias