“Repovoamento” de Lisboa é prioridade para Teresa Leal Coelho

Candidata do PSD a Lisboa não poupa críticas às opções do atual presidente sobre estacionamento e trânsito, mas as políticas de habitação são prioritárias para Leal Coelho.

A candidata do PSD à Câmara Municipal de Lisboa (CML), Teresa Leal Coelho, ainda não apresentou oficialmente o programa mas já sinalizou qual será a primeira medida caso seja eleita para liderar os destinos lisboetas a 1 de outubro: fomentar políticas para a habitação.

Teresa Leal Coelho não poupa críticas às opções do atual presidente Fernando Medina sobre estacionamento e trânsito, classificando como um dos principais problemas na capital, mas deixou claro que a prioridade não passará por ai.

“A minha estratégia e planeamento passa pelo repovoamento da cidade de Lisboa”, frisou durante um discurso, num almoço-debate do International Club of Portugal – ICPT, esta terça-feira.

A candidata social-democrata defendeu as políticas públicas para habitação como a prioridade estratégica do programa, salientando a importância de habitações acessíveis aos rendimentos em Portugal. A aposta será primeiramente na “reabilitação e só no segundo momento na expansão”, disse, acrescentando que “a cidade tem muito para oferecer se reabilitada”.

Teresa Leal Coelho revelou mais detalhes sobre as medidas do programa que apresentará esta semana e inclui o loteamento dos terrenos da Feira Popular em parcelas menores para hasta pública, direcionados para construção mista: habitações e escritórios, assim como a proposta da colocação de uma linha de carris para fazer a ligação do Campo Grande até ao eixo central Norte.

A candidata anunciou, ainda, que a “videovigilância está prevista no programa” e é “absolutamente determinante”, frisando que defende a implementação da mesma de forma mais alargada na cidade, assim como mais iluminação e policiamento.





Mais notícias