Refugiados chegam a Portugal e voltam a sair. “Sentem-se perdidos”

Dos 957 que o país recebeu, com o acordo com a União Europeia, mais de 200 saíram novamente de Portugal. A Comissão Europeia pretende prevenir estes movimentos.

refugiados_calais

Dos 957 refugiados que o país recebeu há dois anos, com o acordo com a União Europeia, mais de 200 saíram novamente de Portugal. O fenómeno não é novo e tem afetado vários Estados membros da União Europeia, no entanto, só nos últimos dois meses mais de cem refugiados abandonaram o território nacional.

Os números foram divulgados pelo “Diário de Notícias”, este sábado, que contactou fontes da Comissão Europeia para as Migrações para perceber o que está a ser feito para os controlar. “Foram indicadas aos Estados membros medidas para prevenir estes movimentos”, explicou ao DN o porta-voz.

As entidades que estão responsáveis pelos refugiados, entre as quais o Conselho Português para os Refugiados, o Serviço Jesuíta aos Refugiados e a Câmara Municipal de Lisboa, contabilizaram até agora 219 fugas oficiais, num universo de 680 que haviam recebido. Já o Governo português não admite que os números sejam tão elevados e adianta que não existem falhas no processo de integração dos migrantes no país.

O director do Serviço Jesuíta aos Refugiados, André Costa, assegura ao matutino que os migrantes não abandonam o país por “confronto” a Portugal. Porém, saem devido a ter planeado construir a sua vida no norte da Europa. “Não sentem hostilidade pelo nosso país. Sentem-se perdidos”, afirma.

  • oleg

    Portugal não tem condições para receber e integrar essa gente.

    • Anonimo

      integrar, o andar fora da realidade que ainda nao chegou ca da nisto, integrar

      Imigrantes Muçulmanos Tiveram uma Surpresa ao Tentar Atacar um Francês, nao era bem um frances normal senao ja ca nao estava , estav integrado na terra

      https://www.youtube.com/watch?v=dtUW6cSdZP8

  • Mariocesarcostaalves Alves

    Temos muita miséria em Portugal, Portugal é um pais de impostos, e politico corruptos

    • Revoltado

      Essa de alguns demagogos abrirem a boca para dizer que estamos de portas abertas…é a prova disso…

    • Alienflowerx

      E O RESTO DO PLANETA NÃO ! , QUERES VER.
      O RESTO DO POVO É TODO SERIO
      CAMBADA DE HIPOCRITAS.

      • Revoltado

        Vamos criar uma lei para matar todos que forem apanhados e vão ver quantos do povo perdem a vida..? apostamos? eu também pensava que ladrões e criminosos era coisa de gente pobre…que ingénuo que eu era…

    • Lord Farquaad

      Temos muita miséria??? phoda-se que mherda é esta, tás em ácidos??? vives aonde?? pu melhor vês TV, já saíste do teu subúrbio ranhoso??? cresce e dá valor ao teu país, caso contrário VÁ PARA LONGE!!!

  • Comentador

    Sentem-se perdidos quando comparam o ordenado mínimo com o do centro da europa. Então não lhes basta um país em paz, como o nosso? São refugiados ou são imigrantes?

    • Dzo

      São as duas coisas mas não são estúpidos…

      • Alienflowerx

        deve ser melhor nos outros países sempre em guerra e atentados e furacões e outras merdas
        NÃO TROCO O MEU PAIS ONDE AINDA POSSO COMER SAUDAVELMENTE E PASSEAR COM A FAMILIA DESCANSADO POR NENHUM OUTRO
        O DINHEIRO E A GANANÇIA DO SER HUMANO É QUE LEVOU O PLANETA A ESTAS MERDAS
        VIVA PORTUGAL
        OS FALAM MAL SE ESTÃO MAL MUDEM-SE
        GENTE DESTE TIPO NÃO FAZ CÁ FALTA NEHUMA
        TODOS FORA DAQUI , INCLUINDO PSEUDO-PORTUGUESES
        MISERAVEIS , SÓ PENSAM NO DINHEIRO QUE OS OUTROS GANHAM
        VÃO MAS É TRABALHAR

        • Dzo

          Claro que é melhor nos outros países…

        • Ed

          A sua preferência em não trocar Portugal por nenhum outro lugar e louvavel, mas o criticar os outros que o. fazem (como eu) nao parece uma opinião saudavel. As pessoas saem do pais por vários motivos para alem de dinheiro, meu primeiro contrato efetivo foi cavfora, apos 9 anos de vida profissional em Portugal. A valorização pessoal e profissional, alargar horizontes e conhecer novas realidades trazem um novo significado a vida. Somos um país maravilhoso, mas tambem de recursos e mentalidades limitadas, como a segunda parte do seu comentário o demonstra. E normal que as pessoas sintam-se algo perdidas.

          • Badbadbad

            Mais nada!

          • Lord Farquaad

            E os que emigram contribuem largamente para a falta de recursos do país… Não antes de terem sugado o que podiam do país de origem… Triste…

          • Tu és daqueles portugueses que ficaram em Portugal que mais valia sair. Tu consomes recursos do nosso pais e com eles nada produzes com maior valor agregado, alias subtrais recursos. Eu tal como outros Portugueses saímos de Portugal pois de facto não conseguíamos ganhar dinheiro para sustentar as nossas família. Adoro Portugal mas não ia ficar viver da segurança social. Parti para fora de Portugal e já andei por alguns países que não lembra o diabo, trabalhei na Ásia, África e América do Sul. Todos os contractos foram feitos com empresas Portuguesas que trouxeram recursos financeiros para Portugal, a balança comercial destes negócios foi positiva para Portugal. Calado és um poeta, a falar és um vintém.

          • jorgeV

            Qual é a tua categoria? A de vintém sem dúvida. Fica por onde estás porque por aí é que estás bem e por cá és, como sabes, como uma viola atrás de um enterro.

          • Nuno Pires

            Eu também troquei faz 4 anos e se soubesse já tinha saído antes, é uma experiência única e sem duvida que alarga os horizontes, novas culturas, pessoas com mentalidades diferentes e a nível de trabalho é totalmente diferente trabalhar numa empresa multi cultural, com pessoas de 50 Países diferentes, ambiente descontraido.Espero ainda ter a oportunidade de trabalhar em outros Paises. Quanto a Portugal, provavelmente só na reforma ( se tiver que ser )

          • Teofilo Alvorado

            Nem na reforma devia ter autorização para entrar. Fique onde a ganancia soou mais alto.
            Quem sabe se não vens corrido, nunca se sabe

          • Ed

            Senhor Teofilo, identifico-me na ganancia que o Senhor injustamente acusou lutadores como o Sr. Nuno, e como eu.

            Posso dizer-lhe que a ganancia que o Sr. descreve, esta a tirar da pobreza a mim e aos meus pais que ficaram em Portugal. Essa ganancia esta a pagar os meus estudos (sim, investir no futuro!), as minhas contas, a permitir-me poupar dinheiro para um dia poder investir em mim ou na comunidade (quem sabe se na sua). Essa ganancia esta a trazer conhecimento e experiencia que podera um dia, dependendo das voltas que a vida dar, permitir a pessoas como eu ou o Sr. Nuno voltar a Portugal, e trazer connosco valor, empregos, consumo, riqueza, cultura.

            O Sr. Teofilo sabe muito bem o que nos levou a sair. Voce nao tem autoridade para criticar quem esta a a lutar honestamente pelo seu futuro e o de sua familia, sem ficar a espera que as oportunidades caiam do ceu (e entretanto, ficar a viver a custa dos impostos… do Sr. Teofilo!).
            E nao se esqueca, que as remessas de quem esta fora, ainda movem uma parte importante da economia Portuguesa, pagando habitacao de familias, os estudos de quem ficou, e poe comida na mesa de muitas familia. Ganancia, e de quem fica de bracos cruzados, e ainda vai criticar quem faz algo pela vida.

          • Nuno Pires

            Amigo, nem tem a ver com a ganância e eu nem quero saber do que gente como ele pensa, mas o melhor é que eu tenho a certeza que ele contribui para o meu ordenado e da minha mulher. O meu Pais neste momento é o que me dá condições para ter uma vida decente e não sou comodista. Ed, estes tristes têm inveja de pessoas como nós e são uns fracos, pois não têm coragem para sair da sua bolha de conforto, Vão até ao Algarve ou Costa da Caparica que já não é mau.

          • Herondina Araújo

            eu não tenho inveja nenhuma de si, gosto realmente muito de viver em portugal

          • jorgeV

            Hedroi da treta. Tem mas é vergonha e agradece a quem te pagou as ferramentas que te permitem estares a arrotar

          • Nuno Pires

            Loool, ganância eheh, vou voltar a viver com a minha mãe e esperar que ele me sustente, depois vou fazer como tu, para o café chorar eheh, já não penso voltar a Portugal porque quero aproveitar a vida, nem imaginas o que existe fora de Portugal, talvez numa outra vida tenha a oportunidade de descobrir.

          • Luis Santos

            Isso!!!! Vem para cá na reforma que isto aqui é bom é para os reformados! Não me faças rir que se me estrela os beços!!!!

          • Nuno Pires

            Espero que não, espero chegar à reforma e andar a viajar, está encaminhado para isso,felizmente não sou tão patriota como vocês.

          • Nortada41

            Nao se esqueceu de nada , nem tem que ter a noçao de patriota uma pessoa que praticamente de Portugues só o nome , agora quem tem raizes nao quer nem aceita que lhe estraguem o jardim nao tem que aturar gente que precisaria de 2 ou 3 geraçoes para ter a nossa vivencia e valores.Fiqque por lá nao queremos correr o risco de já vir todo avariado.

          • Herondina Araújo

            só faz falta quem cá está

          • Nortada41

            Ok falou muito bem e desde já quem quizer ter essas experiencia vá para essas regioes ´´e já agora fique por lá . o que contou é um filme bonito dentro de escritorios com gente mais evoluida nao representa a orda da animalidade do crime violento . se tivessem os mesmo principios de um Europeu os seus países nao viviam nas miserias que vivem , e querer que alguem de um salto cultural de geraçoes é pura ficçao.

          • Luis Santos

            Mas uma coisa é certa, e isto eu digo por conhecimento que tenho da realidade de muitos que conheci cá e foram para o estrangeiro. Sei a vida que aqui levavam e a vida de maior sacrifício que agora têm passado mas que aqui não aguentavam. Claro que isto não será para todos os casos, mas na sua maioria. Será que não tenho razão?

          • jorgeV

            É pá mas alguém te chamou ou está a pedir para ficares cá??? Vai dar uma volta e não regresses. Pela falta que fazes….

        • ximpanze

          É! A ganançia é uma coisa tramada.

        • Lord Farquaad

          ÉS OS MAIOR, É ASSIM MESMO, VIVA PORTUGAL E QUE SE PHODAM OS QUE PENSAM AO CONTRÁRIO, MAS QUE SE PHODAM LONGE DAQUI!!!

        • Nortada41

          Nao admito arabes nem africanos a viver á minha porta vao lá para junto de quem os mete cá dentro que os aturem . traidores aos valores Europeus é um vale tudo só porque está na moda e parece bem até ter um grupo desses a vider do outro lado da rua .

    • Político Corrupto

      A nossa paz é de sacrifício, quando tens de lutar diariamente com o monstro fiscal!

      • Revoltado

        Verdade!…somos multados porque andamos acima de 50 e somos multados porque estamos abaixo de 20…a caça a multa…paraiso fiscal….País das coimas…levamos a vida nisto…o que precisamos é de manter essa gente sempre com bom visual…agora já nem isso…com essas barbas parecem bandidos…

    • João Rodrigues

      E por serem refugiados que não se adaptam, nem aqui nem provavelmente em lado nenhum. Os emigrantes tem uma capacidade diferente de se adaptar e um objectivo diferente. Estes desgraçados foram expulsos das terras deles e isso é algo que os quadrados não entendem. Esta gente são vítimas e não oportunistas ou criminosos infiltrados……que como e óbvio tb haverá pq a raça humana é asquerosa.

      • Luís M. Carvalho

        Tá calado não sabes o que dizes!

        • João Rodrigues

          Sabes tu.

      • MCMCA A

        As vítimas ao serem acolhidas e tendo paz ficam [relembre os milhares em fuga na WWII que no tempo de Salazar, apesar das condições de pobreza do país, ficaram. A maioria destes migrantes querem o “fillet mignon europeu”: cama e RSI garantidos para a vida e sem terem de se vergar ao trabalho. Foi assim na queda do Império romano com os milhões de migrantes das tribos de “barbaros” provenientes da Europa central e do norte. Porque na Roma imperial havia o lema do pão e do circo para calar o povo. Na Europa odierna existe o mesmo lema: RSI e o ciro mediático televisivo com os reality shows. Poucos ficarão e poucos migrantes irão ser muito úteis aos países de acolhimento: veja o caso da França com os seus milhares (talvez milhões) de migrantes da África francófona e o número dos que contribuem nas altas esfera para o sucesso do país de acolhimento

      • Rui

        Como classificas aqueles que, originários do médio oriente e norte de África, vivem em bairros na França, Suécia ou Bélgica, nos quais nem entra a polícia, nos quais a esmagadora maioria não trabalha e vive à custa de subsídios? Adaptaram-se? Esforçaram-se por aprender a cultura dos países de acolhimento? Não. Já era assim antes de começarem os conflictos na Síria, Iraque e afins e , assim continuará.

        • Nuno Pires

          Tens isso em Portugal, ainda esta semana no bairro 6 de Maio na Amadora, pessoas que vivem à custa do estado, algumas até trabalham mas querem casa de borla, mais subsídios porque têm 10 filhos, etc. etc. Até entendo que estejam a fugir da Guerra mas fico surpreendido por não irem para o Qatar, Dubai, etc. Países ricos com a mesma cultura, fico surpreendido de desejarem a morte aos Ocidentais e depois fogem para o Ocidente, mas eu entendo, o Ocidente moralista e vesgo paga subsídios e tem pena desses mesmos que os odeiam

          • az

            Aprende o vocabulário islâmico: taqiyya- Permissão para mentir e enganar os infiéis concedida pelo Islão. Quando nos desejam morte e odeiam, estão a ser verdadeiros. Quando querem algo de nós, sem recorrer à jihad, usam a mentira e engano conhecida por taqiyya.

    • Luís M. Carvalho

      Fogem do Costa que os quer obrigar a limpar as matas.

    • 100% Portugal

      Não são refugiados. São gente que compram a passagem para a Europa, com destino escolhido a dedo. Portugal é dos países mais seguros domundo eé portanto se não nos procuram, não querem segurança mas sim, o dinheiro ou a teta de outros países!

      • az

        A segurança social alemã, Sueca ou Inglesa oferecem muito mais vantagens. A ideia é viver á custa delas sem trabalhar. Um RSI de luxo.

    • Manuel Carvalho 88

      São tudo junto, refugiados da guerra, imigrantes, oportunistas, e claro viver à custa de subsídios sabe muito bem. Claro que em França ou na Alemanha com os subsídios, vive-se muito melhor do que me Portugal.

      Em Portugal só ficam mesmo os parasitas portugueses que estão a habituados a viver com quase nada e não têm coragem de emigrar, não se vá dar o caso de lá fora terem que trabalhar.

      • jorgeV

        Olha, vai para o Carvalho!!!

    • Tee Kommpadry Rex Portugalliae

      São imigrantes económicos subsídio-dependentes, eles não têm a bússola avariada, querem do bom e do melhor e POR CAUSA DELES A UE CORRE O PERIGO DE SE DESINTEGRAR…
      O Brexit é exemplo disso. E há mais países na calha para sair… Por causa de uma minoria que nem é europeia!
      É necessário expulsar da Europa esses oportunistas, porque senão vão acabar com este lindo sonho que é a UE.
      No passado (um pequeno exército de) os vândalos e bárbaros destruíram o Império Romano do Ocidente que estava em crise política…
      A HISTÓRIA REPETE-SE, neste momento a UE tem uma crise política, devido a lideranças fracas e complexadas, que não são capazes de se decidirem à cerca da invasão de um pequeno “exército civil” e este pequeno problema irá destruir um grande sonho irrecuperável, e tudo por causa de políticos complexados…
      DEUS DÁ NOZES A QUEM NÃO TEM DENTES.
      O mais difícil foi feito por Helmut khol, Mitterand, etc, aos incompetentes de agora, é só dar continuidade, mas, nem isso são capazes. Ingratos.

      • Jcesar

        A Europa não se está a desintegrar por causa dos refugiados, queria ver você na mesma posição deles, a fugir de uma guerra e negarem-lhe acolhimento, a ver a sua opião se continuava a mesma….!!!!

        A Europa está a desintegrar-se por incompetência dos decisores, sendo a maior economia Mundial não se percebe que não tenha mecanismos, nem instituições para resolver os seus próprios problemas, passados mais de 8 anos do início da grande crise económica de 2018, ainda está cheia de fragilidades a todos os níveis, e com um crescimento anémico.

        • Pedro

          epa, eles nao sao refugiados!

        • Nortada41

          Pois até parece muito bem falado mas a verdade é muito mais dura acabamos por viver como refujiados dentr no nosso proprio país , temos uma Europa refem de todos estes milhoes de “refujiados” que entraram de enxurrada . A França já vai com mais de 7% de deficite com os gastos em segurança e vive em estado de emergencia á quantos meses ? como exemplo do ridiculo vao emparedar com vidro antibala a Torreifel e os Franceses que pagam os impostos para que a França exista tambem vao metelos numa redoma de vidro é prova de bala ?? Espanha com mais de 20% de desemprego e mantem as fronteiras abertas ?? mas estamos a brincar ao que ?? é merdosa proteçao em que um arabe ou um africano coitadinho tem todos os direitos mais que os nacionais , está tudo maluco ou isto é uma partida do dia das mentiras .

        • mvmvmv2

          Mas a Europa é isso mesmo! Muitas palavras e poucos actos (a não ser as de Merkel)

        • Tee Kommpadry Rex Portugalliae

          Eu nunca estaria na situação deles, nunca seria um refugiado, defenderia o meu país! Mas se por razões de saúde tivesse que emigrar, escolhia um país com a minha cultura e religião cristã.
          Eles usam a guerra, como pretexto para imigrar, para os países ricos e cristãos, será que é difícil de perceber isso?
          Porque não vão para o Cazaquistão? Turcomenistão? Uzbequistão? Rússia? Tajiquistão? Quirguisistão? Azerbaijão? Daguestão? Arménia? Irão? Arábia Saudita e seus satélites?, etc, etc…
          Que são países RICOS com a mesma cultura usos e costumes e religião, E MUITO IMPORTANTE: ESTÃO EM PAZ, porque razão vêm para a Europa Cristã? Se não aceitam as regras cristãs e exigem que os cristãos mudem a sua forma de vida, as crianças já nem comem porco na escola, cambada de hipócritas.

          Porque é que são fieis à sua religião, se reconhecem que eles não são bons entre eles mesmos, até atacam as suas próprias mesquitas. É um comportamento estranho.

    • olga hepnarova-matapoliticos

      eles n sabem viver c o ordenado mínimo. n sei onde se habiktuaram a viver bem. em casa de lagum xulo do BE?

    • Jcesar

      Isso acontece porque muitos acabaram por vir para cá, mas o objetivo deles sempre foi outro País da Europa.

    • Theresa Theresa

      Sao expertos.

  • Zé das Caldas

    Nem os nossos conseguimos integrar quanto mais os que vêem de fora que nem sabem falar sequer a nossa língua. Sejamos realistas e deixemo-nos de levar pelas emoções e agir com a razão….

  • Viriato

    E ainda dizem que estão apenas a fugir de uma guerra!! Os tugas são mesmo lorpas

  • José Matias

    Coitadinhos, tão pobrezinhos. Na Alemanha só 007% deles põem os filhos nas escolas públicas alemãs, excelentes escolas, por sinal. Os restantes 93% de “refugiados ao trabalho” põem os filhos em colégios privados. Na sua esmagadora maioria são xicos-espertos a viver à grande e à francesa principescamente subsidiados à custa dos estúpidos europeus… (E as europeias para eles são todas umas prostitutas e os homens uns “gays” dispostos a cair nos braços dum muçulmano façanhudo…)

  • Político Corrupto

    Esta gente não é burra, não querem um país sem futuro e, pejados de políticos corruptos!

    • Alienflowerx

      pois se não ficavam mal habituados lá no pais deles não existe corrupção
      heheheehehhe
      adoro ver estes comentarios mesmo dahhhhh!!!!!!!!

  • Político Corrupto

    Portugal o país dos FFF…FUTEBOL, FÁTIMA e FINANÇAS!

    • Zé das Caldas

      E de F0DAS ao contribuinte

  • Bruno de Carvalho (O próprio)

    Os refugiados só são um problema grave nos países ricos do Norte da Europa e nos EUA para toda a gente quer emigrar. Ninguém no seu juízo perfeito escolhe países pobres e em dificuldades económicas como Portugal, só se não tiverem mais alternativas mas na primeiro oportunidade pisgam-se.

    • Vasco

      Fora os milhões que já partiram ao longo dos anos, nada mal para um país em paz mas lamentavelmente de cabecinha perdida há 42 anos.

    • Lord Farquaad

      Portugal é um país pobre????? VÁ SE PHODER!

  • Joka Snow’s

    A questão dos refugiados é complexa e fraturante para a UE e, como parece, sem regras definidas vai ser muito complicado. Se fogem da guerra, vem para a paz e voltam a fugir, serão mesmo refugiados ou imigrantes camuflados? Não gostam dos país, das condições que lhe dão, muito bem, a alternativa é voltar para onde vieram. A escolha poderá acontecer mas na fase posterior à integração. Assim ninguém os entende.

  • João Pedro Pinção Viana

    graças a Deus.

  • JPTuga

    Está a ver Sr. Trump? Aqui não necessitamos de decretos… eles fogem!!!

  • Afonsinho do Condado

    Por aqui se pode ver que esta gente é refugiado o carRalh… na melhor
    das hipóteses o que esta gente quer é aproveitar-se dos sistemas de
    proteção social dos países que os acolhem, na pior das hipóteses já
    sabemos o que querem, terrorismo, terrorismo e mais terrorismo!

    Os verdadeiros refugiados o que querem é ter algo que comer e um abrigo onde se possam proteger e sobreviver O RESTO É TRETA!

  • Nuno Pires

    Têm direito a procurar uma vida nova mas o que a maioria quer é receber ajudas e subsidios. Os Europeu são uns tansos que vão na cantiga, já os Países Àrabes ricos com a mesma cultura não os querem lá. Eles vão para os Países do Norte da Europa e depois? Vão fazer o quê ? Vão viver como ?

    • Pirocas and so on

      que procurem nos paises vizinhos de religiao arabe como a deles…. o que eles procuram e mama… metam os olhos em franca e vejam os gajos a ocupar edificios abandonados….. e a nova classe de ciganada….. e depois se nao lhes atenderem as exigencias deles fazem atentados….

    • Revoltado

      Sempore eram mais uns para os corruptos de Portugal dividirem os seus roubos, os desvios, os buracos, os esqueletos…..eles dividem sempre por 10 milhões….se formos 15 milhões ficava-nos mais barato…..sociedade podre…lixo…

    • João

      Vão engrossar os bairros árabes que por lá há, onde nem a polícia entra e viver de subsídios. Estes europeus são os maiores burros que existem, qualquer indigente do 5º mundo os engana.

  • Jota C.

    Grande negócio este dos refugiados (consta-se ke por cada um 6500€, eu acho ke é mais) e só por isso os querem cá em Portugal às carradas. Ah, e são tratados como estrelas vip’s…em hotéis, ou quase!

    • João

      6500 € por ano, não por mês, penso eu. Melhor que fosse 0 para não vir para cá nenhum. Desses 6500 € uma parte é paga por nós. Assim, se compreende o aumento contínuo de impostos, há muita gente a viver á conta e poucos a pagarem.

  • Sempre Atento

    Ainda bem que “bazam”.

  • Arroz

    Quando perceberam que iam ser escravos do ordenado mínimo deram de frosques.

    • Alienflowerx

      pois la naquela bosta de pseudo-paises ganham mais.
      guerra e mais guerra
      esta gente não se toca mesmo
      vou-me embora que isto é só atrasados mentais

  • J. Simões

    Para além do dinheiro da UE, quais são as outras “facilidades” concedidas? Há mais qualquer coisa escondido!

  • asdrubal

    Ate os refugiados ja fogem de portugal! So de ca estarem uns meses percebem que o pais caminha para mais miseria (resgate). Fujam enquanto é tempo.

  • antónio

    Foi pena a Europa tê-los deixado entrar. É que nesse caso tinhamos de receber mais de metade do planeta – que vive muito mal, infelizmente.

  • José Matias

    Têm centenas de €uros para comprar um passaporte sírio na candonga, ténis de marca a 200 €, telemóveis a 500 € para tirar selfies com a Merkel, etc.
    Já não se festeja o Natal cristão em Inglaterra para não desagradar aos beduínos; as meninas de 5 e 7 anos não podem ter aulas de natação na Suíça para não mostrar as coxas; não se pode cortar o queijo com a máquina que corta o fiambre porque é carne de porco, etc O que é que vem a seguir? Não podemos ter filhos porque são infiéis a Allah a nascer? Ainda por cima a Turquia sempre lutou contra a Europa e o cristianismo. Agora vamos ter de levar com eles e os seus 50 (cinquenta) milhões de desempregados jovens…

    • Francisco

      Já o grande (e falecido) Christopher Hitchens preveniu-nos, há anos atrás, para prepararemos-nos para um grande califado europeu e parece que o sr tinha razao.

    • Luís M. Carvalho

      Eu preferia conviver com um Porco do que com um árabe.

    • Nuno Pires

      E as mulheres que se ponham a pau, pois já sabemos o tratamento que levam em nome do Islão, fumar…25 chicotadas , mostrar a cara….50 chicotadas….falar com outro homem sem ser o marido…..Prisão e 100 chicotadas, ir para a praia de bikini…prisão e 25 chicotadas etc. etc.

      • manuel

        estas bem informado

  • BUDA

    Abram as pernas, aliás, as portas, e deixem entrar quem quer, porque só interessa mesmo é o Visto de entrada no passaporte, o resto, é para a fotografia, para as sondagens e para o governo arrecadar mais umas quantas notas….

    • Zé Pró Ano é que é

      o carvalho é que podia tirar partido do esquema também. Montava uma banca no aeroporto e cada um que entrasse, preenchia a proposta de socio do seportingue

  • Revoltado

    Tenho pena que os que querem protagonismo e talvez negócio, não tenham sorte pois eles fogem quando se apercebem dos esquemas….ainda bem…chiça..

  • Zé Pró Ano é que é

    esta meerda é igual ou pior que os vistos gold. E depois há alguns otários, portugueses, que se levantam todas as manhãs para pagar esta festa toda

  • Anonimo

    ainda bem, fujam fujam que isto aqui e o paraiso, nao precisamos ca mer d. a a
    esquerdalhada e que fica a puxar pelos cabelos ate os iam buscar la fora, serem assim tao desprezados

  • PM

    Boa viagem vao e nao voltem que nao fazem falta, alias e menos um problema para o nosso Pais, sao uns ingratos, isto e bem feito para aqueles tansos ingenuos que ate os foram buscar

  • Joao Mrques

    Lógico que os migrantes não se sentem bem num pais onde não tem condições para o cidadão Nacional quanto mais para eles,sentem-se perdidos,nós própios Portugueses nos sentimos perdidos e confusos no meio de tanta injustiça.

    • Lord Farquaad

      Ai este país não tem condições para os seus cidadãos??? Falta-lhe alguma coisa???? É a segurança que lhe falta???? Por acaso estamos em guerra, temos terrorisas, epidemias, doenças, desastres naturais???? Não gosta do sistema de saúde e educação público gratuito??? Das infraestruturas de trasnportes de ponta??? VÁ RECLAMAR PARA O KARALHO INGRATO DE MHERDA, SAI DO MEU PAÍS E PARA DE POLUIR ESTE AR PURO!!!

    • Arauta Maria

      Têm saúde e escolas publicas gratuitas e com melhor qualidade que o Reino Unido, por exemplo . Ganham menos cá, mas o custo de vida cá tb é mais baixo .

  • francisco torres

    Perdidos???…Eles sabem bem ao que vem e onde está a teta!!!

  • Francisco

    Nao é nada disso! essa gente já está de olhos postos na Alemanha ou Suécia quando aceitam para cá vir, mas primeiro tem de fazer a vontade lá aos oficiais de recolocamento e á nossa lusa quota.

  • PROF

    Primeiro á que dizer que vão da parte de portugal (País de pagantes e brandos costumes)…. depois …. europa escancarada .

  • JB

    Como é que os governantes incompetentes e corruptos deste país quer integrar os intitulados refugiados se não conseguem integrar os 500 mil desempregados portugueses que por cá andam a mendigar para sobreviver?

    • Revoltado

      O problema é que estes não dão 6500 euros…ou mais. cada um…por isso estes de cá não interessam…Somália da Europa….estamos bem entregues..

    • Ed

      Sao casos diferentes… para una sociedade que se diz Cristã e caridosa (mesmo que as vezes seja de fachada), e um tipo de “dever moral”, acolher pessoas em situação mais grave ou perigo de vida. Fazer parte da UE não e só desperdiçar dinheiros, em troca ha obrigações como estas. O alto desemprego e um problema serio. Mas nao podemos esquecer que temos muitos dos nossos a serem acolhidos um pouco por todo o mundo, e queremos ve-los bem recebidos e tratados nos seus paises de acolhimento. Podemos dar um bom exemplo com os milhares que recebemos aqui.

      • JB

        Tem razão no que diz. Mas então pergunto, porque não existem em Portugal milhares de imigrantes por exemplo da Suiça, da Alemanha, da França, do Reino Unido. Com certeza que esses países dão melhores condições de vida aos seus filhos do que Portugal dá aos portugueses.

  • Papago

    Estao A. Espera. De. Ficar. No. Hotel. Com. Service de esplanada. E comida de borla

  • Truth

    Vão e não voltem.
    Refugiados ? Lol…
    Agora imaginem se fosse ao contrário, como nós seriamos tratados por eles…

  • Vasco

    Sentem-se perdidos e pelos vistos ninguém os encontra, estamos bem servidos de segurança e fronteiras! Depois anda por aí muito politico e jornalista incomodado com a ascensão de Marine Le Pen, da vitória de Trump e do Brexit só que se esquecem de quem nos levou a esta situação, esses não os responsabilizam pela situação atual o que é lamentável.

  • Goias

    Podem vir todos que passado 6 meses ja todos fugiram…é gente que vivia bem nos países deles e não estão habituados a trabalhar…decerto que todos viviam a custa do petroleo (estado)

  • vivera28

    Não conheço a história em detalhe, mas sei que a Síria era um pais relativamente desenvolvido, das pessoas que tiveram de fugir, muitas têm formação e ambição.
    Essas pessoas ao serem colocadas em locais que estão a definhar sem perspetivas de um grande futuro, como é o caso de algumas terras do interior, é normal de pensem em alternativas.
    E é evidente para mim, que nem tudo no norte da europa é um mar de rosas, mas as oportunidades são maiores quando comparadas com Portugal, e em particular o interior de Portugal.
    O pior disto tudo é que os que fogem de Portugal serão os mais ambiciosos que por certo têm mais formação, os que ficam são os mais conformados e os velhos.
    É complicado ser solidário nestas circunstâncias…

  • Sousa

    ….Aconselho todos a inteirarem-se da legislação em curso existente em grande parte dos países árabes, sobre os estrangeiros que lá entram e depois vejam…
    Os estrangeiros que querem ir para esses países não têm quaisquer direitos e são tratados como escumalha…
    Para além de outras razões, esta não seria por si só suficiente para nem sequer os aceitarmos entre nós??? Pelo menos para todos aqueles que não mostrem terem qualquer vinculo de trabalho com os países europeus.
    Todos estes quase mil que cá entraram e que dentro de algum tempo não mostrassem ter trabalho eram pura e simplesmente postos a andar e mais nada! Pena dos 200 que saíram??? Só mesmo os jornalistas a darem estas notícias
    que disfarçadas de humanitárias, apenas são tendenciosas e mais uma vez sensacionalistas.

  • mirodri

    Politica patetica de refugiados.

    Nao custa nada fazerem campos de refugiados em condições até a guerra acabar e depois retornam à siria. Assim sao mais terroristas, parasitas e nao inseridos na sociedade

  • P. C.

    Como se prova eles não são refugiados de guerra, são refugiados ECONOMICOS.
    Tenham vergonha e não aceitem nenhum.

  • LIBERTADOR

    AJUDEM OS REFUGIADOS PORTUGUESES QUE TRABALHAM PARA MANTER UM ESTADO XUXA…

  • P. C.

    Porque é que não põem um CHIP como se faz com os cães?

  • luis santos

    Eu também ando perdido . Estando cá ficam com acesso direto á europa … e ainda bem .. que a alemanha seja o destino predileto é o que eu espero .

  • Eurico Rocha

    este País não oferece oportunidades aos seus vai agora oferecer aos de fora?
    é com cada um

  • ximpanze

    São os que se sentem perdidos que se vão embora? É pena porque esses são os que se conseguiram integrar na sociedade. A maioria dos portugueses sente a mesma coisa.

  • Pedro Cabral

    Se Portugal, nunca valeu para os seus quanto mais para os de fora!?! De um momento para outro,com a usurpação do poder pela geringonça deixou-se de falar da emigração em Portugal e passou-se a falar da imigração alheia. Portugal é e sempre foi um País de emigrantes, precisamente, porque nunca deu condições para quem deseja concretizar os seus objectivos de vida. Esta história de convidar e receber bem os migrantes é conversa de politico demagogo e de esquerda, isto é, politico + demagogo = esquerda-lha!!

  • Sousa

    Na sua globalidade como actuais moles de refugiados, lembram-me o “cobarde que só bate em quem me parece mais fraco”. Nos seus países, essas pessoas não se conseguem nem querem organizar, associar e enfrentar os seus Estados, para virem causar perturbações e influências nefastas para os países que não têm nada a ver com os seus costumes ou cultura. É um cancro verdadeiro!
    E estes políticos de mer …. não vêm duma vez por todas que estão a pôr em causa definitivamente os seus descendentes, familiares e concidadãos . Estão a minar o futuro à custa da palavra ” GLOBALIZAÇÃO ” que lhes enche a boca, mas que é absolutamente vazia e só serve os interesses da política e alguns outros financeiros.
    Estas fugas em massa só acontecem porque são permitidas.
    Esta gente que foge deveria era juntar-se nos seus países e fazerem face e frente às ameaças que os enfrentam (o povo quer se queira quer não é que manda no seu destino, nem que seja pela força, insistencia, coragem e determinismo…e quem não quiser perceber isto é cego).
    Mas determinando ser aquele um caminho longo e penoso, claro que existirão sempre refugiados e famílias em fuga e aí que saíssem para os países árabes ricos que mais perto deles estão geográficas e culturalmente. Estes países ricos do petróleo encheram-se à custa do mundo inteiro, agora que paguem a miséria e o caos que a sua própria cultura e atitude também ajudou a criar e em vez de construírem impérios de ouro, torres gigantescas e paraisos no deserto, que gastem o dinheiro a cuidar dos seus !!!

    • João

      V. está mais do que certo, mas temos dirigentes europeus com Q.I. de 50 não há volta a dar.

  • João

    Alemanha destina 22000 milhões para os refugiados. Belo negócio, gastam dinheiro a recebê-los, depois ficam uma parte deles para alimentarem o terrorismo e destruir património e a seguir gasta-se mais dinheiro para os expulsar. Tudo á custa de

  • carlos

    “sentem-se perdidos”! Alguns “jornalistas” é que parece que andam perdidos! Até os refugiados fogem de portugal, porque sabem a porcaria que está, desgovernado, tudo a funcionar mal, tremenda falta de respeito e civismo, falta de oportunidades, péssimo sistema nacional de saúde, má qualidade de vida, atrasadismo, preconceito, arrogância, vaidade fútil! portugal só interessa aos corruptos, burlões, vigaristas, politiqueiros, “abutres” dos grupos economico-financeiros para saquear, aos boys, aos turistas endinheirados que com o dinheiro que têm acham graça a tudo e conseguem estar no luxo no meio do lixo e miséria! Os refugiados não são “burros”!

  • Frederico Almeida

    Obrigado a todos os que foram embora.
    Vao reconstruir a estrumeira de onde vieram.

  • Arauta Maria

    Se não gostam…não fazem cá falta, mas dá que pensar, são realmente refugiados de guerra e fome? Duvido.

  • Anti-Futebol

    Dizem que fogem da guerra, mas não lhes chega um país como Portugal. Aliás, nem lhes chega Itália ou França, exigem Alemanha ou passar o Canal da Mancha. E a UE vai na cantiga.
    100 anos depois, eis o regresso da ingenuidade e passividade dos líderes europeus, a convidar a violência e os movimentos políticos fascistas e extremistas. Lamentável!

  • AntiLib (Ex. Eu)

    Agrada-me, espero que continuem com esta atitude:) A Alemanha que cuide deles.

  • Julio Sampaio Torga

    Sentem-se perdidos porque querem mama da comunidade Portuguesa! Antes deles os Portugueses! O que eles querem sabemos todos nós! E estamos fartos de Coitadinhos!

  • kika 1900

    E que tal construir um muro
    para eles não fugirem?
    Os portugueses não vão conseguir
    ultrapassar o trauma de perderem a
    oportunidade de mostrar tanta bondade.
    A mim é que vcs não me enganam.
    Hipócritas , pedantes e incultos.
    Podem continuar a censurar os meus comentários .
    Já nem o direito temos de afirmar que tudo isto assusta.
    O califado na Europa já está bem instalado nos Balcãs.
    Depois chorem e digam que foi o destino.

    • Manuel Carvalho 88

      Nos Balcãs não sei, mas em França não duvido.

      • kika 1900

        Não imagina a pena que sinto de ver
        a França tão maltratada.

  • Mário Sousa

    Sentem-se perdidos a caminho da Alemanha.

  • Neto

    Neste ritmo de chegada de refugiados, bastará uns 50 a 100 anos para que a comunidade muçulmana seja entre 50% a 70% dapopulação de alguns países de acolhimento, tendo em conta que uma família de sangue europeu só tem entre 1 a 2 filhos, em comparação de uma muçulmana que tem entre 4 a 6 filhos, tendo também em conta que nos casamentos mistos, os filhos assumem a religião muçulmana. Para contrariar este ritmo cada família europeia teria que ter no mínimo 3 filhos. Os refugiados preferem os países do Norte porque as condições de acolhimento e conforto são outras conforme o número de filhos podem ter um t3 ou um t5 e rendimento mínimo é mais ou menos como viver num hotel com tudo pago, e ainda recebes dinheiro.

  • Papago

    Esta. Gente. Salta de um pais para o. Outro. Aprocura. De passar. Ferias apala. Da seg,social, con tudo de borla

    • Papago

      Pois. Ė

  • Papago

    Estai a. Espera. Do. Hotel com servico. De esplanada. # com tudo. Pago

  • Jorge

    Não querem estar em Portugal? Mandem-nos para Marte! Eu também me sacrifico aqui!

  • Marco Gonçalves

    Ganância

  • Rui

    Qual é a prioridade de alguém que foge de um país em guerra? A resposta mais lógica seria a de encontrar abrigo longe da guerra. Aparentemente a resposta parece estar mais ligada com a quantidade de euros ou coroas suecas que se conseguem de ajuda governamental.

  • Jorge Vale Magalhaes

    Querem trabalhar pouco e “mamar” muito…

    • Neto

      Para trabalharem num restaurante este tem que deixar de servir carne de porco.

  • mendes

    Boa viagem de retorno…

  • Papago

    Vou. Sair. De. Porrugal. Depois. Entro. Komo refugiado. Para recer. Hotel e kama e komida de borla↗↗↗➡↘↘

  • Pedro

    Dêem graças por esta malta se ir embora! Portugal continuará um país tranquilo e seguro. Quem diria que ser uma nação relativamente pobre e mal gerida até teria as suas vantagens.

    • dmreis

      O mundo e as sociedades são um palco sem fim de insondáveis pensamentos!!

  • dmreis

    Ou não-refugiados? Se precisassem de refúgio não seriam tão obcecados em fugir MAL ENCONTRAM UMA ABERTURA.no país que os colhe…. devia ser interdito pela União Europeia permitir estes comportamentos, a parir do momento em que aceitam um país para refúgio, tendo ainda em conta que os portugueses se babam, incluindo o PR quando posm para a fotografia com um destes grupos,depois de lhes termos dado casa, comida, roupa lavada, além de dinheiro mensal para o bolso!!! Querer mais do que isto, garanto que não se trata de um refugiado, o seu alvo é outro!!! Teemos muiyos portugueses na penúria, que infelizmente s eporiam de joelhos para este estatuto que Portugal concede a um refugiado. Quem lhes dera!!!

  • Anti -lixoxuxa

    Onde andam o cuaovento e o monhé , não os vejo a comentar isto e a cUmunicação social anda muito calada . Fartaram-se de anunciar aos 7 ventos que acolhíamos todos e o mais cómico é que nem cá querem ficar, e a esterca portuguesa ainda diz que são refugiados LOL , não são refugiados estercos ,os refugiados procuram abrigo e refúgio de guerras e conflitos , estes que para cá vêm são IMIGRANTES e como não lhes agrada as condições emigram para países onde a Segurança Social é mais generosa . Esterca=Ruina dos países

  • Miguel Godinho

    Até os portugueses mais novos se sentem perdidos e emigram, quando mais migrantes que nem a língua falam.
    Portugal é um pais espetacular para quem já tem vida estável e algum desafogo económico. Caso dos reformados europeus. Vêm para cá com as suas belas reformas aproveitar o sol do Algarve e poupar dinheiro com o nosso custo de vida mais baixo.

  • Carlos Costa

    Não fazem cá falta nenhuma.Nem deviam ter vindo para cá!!!!!

  • Jácinto Leite Capelo Rego

    Penso eu de que, no meu tempo, enviei milhares e milhares de portugueses para África, para dar nome ao pequeno país a que pertencemos.
    Em lugar de engrandecer Portugal, foram engrandecendo os bolsos e depois foi o que se viu.
    Pelo menos o boifica ganhou milhões e milhões de sócios e adeptos, até aquele que era muito conhecido, ai, aquele lunático que andava com uma toalha branca enrolada no pulso, ai, agora esquece-me o nome, mas sei que está escondido no Panteão Nacional.
    Vejam bem, entrou em Portugal sem ser português e morreu como se fosse um verdadeiro português e pagador dos impostos.

  • Ignorante

    Então estavam à espera de quê?

    Acham que eles atravessavam o mediterrâneo numa chata, arriscando a vida, para se enfiarem num país a pagar a reforma dos outros?

    Podem ter perdido tudo, mas não são parvos, e os que cá ficaram é uma questão de tempo.

    Como diziam alguém num comentário anterior: Isto é bom mas é para passar férias!

  • pa

    E PENA NÃO FUGIREM TODOS, ERA UMA SORTE,

    • Johnny

      Amém

  • Rafeiro Pulguento

    São refugiados mas não são parvos!

  • Luis Santos

    Ai não, não hão-de fugir! Então eles não veem o que se passa por cá? Qualquer dia ainda dizem que eles mentiram quando disseram que eram refugiados e precisavam de apoio, são chamados pelo CDS-AC á Assembleia e movem-lhes um processo crime! Não é de fugir não?

  • Marco do Correio.

    Deixa-os ir ! É pena não irem TODOS.

    E isto é benfeita para os que defendem a “integração” desta malta sem quelquer interesse.

  • Aniceto Predilecto

    – Já viste +Amigo virtual , um número significativo de refugiados que chega a Portugal , ” sentem-se perdidos “..

    + Então chama-os !

    – Ó Refugiados ! ESTOu AQUI !

    + E AGORa ESCONDE-te , DEPRESSA !

    – Mas assim não me verão…para quê ?!

    + Para que se sintam AINDA mais perdidos e não tenham dúvidas em ´bazar `mesmo !

    – Áh Áh Áh !

    + Mas que ” praga ” ! IIIRRRRRAAAAA! Era preferível que fosse de gafanhotos..

    – E porquê ?

    + As galinhas seriam a ” total perdição ” deles ..

    – ÁH ÁH ÁH ÁH ÁH ÁH ÁH !

    + eh eh eh..pois..

  • Vinho Tinto

    Eles querem é ir todos para a Alemanha, Inglaterra e Escandinávia , nem Portugal, nem Grécia, nem Espanha, nem Hungria , nada disso, querem é comidinha boa todos os dias, casas modernas, com televisão com todos os canais, trabalho bom ou não mas sempre um bom dinheirinho no fim do mês. E quem levanta a voz contra eles nesses Paises , vai logo prá cadeia ! Angela Merkel recebe-os de braços abertos.
    Refugiados uma treta, como muito correctamente se informa aqui, eles compram é as passagens ás organizações que os transferem para aqui, para poderem viver no Paraiso, melhor do que os cidadão locais. Em vez de meterem um travão nisto, cada vez deixam entrar mais e por isso é que há atentados pela Europa fora. A Europa precisava é de vários Trumps para por ordem nisto.

    • Johnny

      Ainda bem não ? os Boches é que os convidaram a entrar na UE eles que fiquem com eles

  • Dias

    E quantos portugueses sentindo-se perdidos saíram de Portugal?

  • Joao Encarnacao

    Que eu saiba nao estao presos, podem fazer e sonhar com uma vida melhor onde quer que seja, tal como nos portugueses espalhados por toda a parte do mundo. Ou nos somos especiais.
    ? Cambada de anormais

    • Johnny

      É que não tem NADA a ver com os “portugueses espalhados por toda a parte”
      Abre os olhos seu burro de palas

  • Johnny

    Só a pobreza e miséria nos pode salvar
    quanto mais pobre o país for mais essa escumalha de vermes e terroristas nos passa ao lado… Aleluia

  • jj

    Ao contrario do que é vendido pelos media , os ditos refugiados na sua grande maioria não passam de migrantes que fogem a pobreza dos seus países .. de facto Portugal quanto a benesses não é o país mais indicado para viverem pois não é um país rico ….