Redução de alunos por turma avança no próximo ano letivo

Melhorar a aprendizagem dos alunos é um dos principais objetivos desta medida.

O número de alunos por turma vai voltar a reduzir no próximo ano letivo, informa o ministério da Educação, em comunicado citado pela Lusa.

“A correlação positiva entre a dimensão da turma e o sucesso escolar tem em conta um conjunto de estudos”, e, portanto, “por este motivo, o ministério da Educação assumiu como prioridade a adoção da redução progressiva do número de alunos por turma nos inícios de todos os ciclos dos ensinos básico e secundário”, segundo o comunicado.

Apenas estarão abrangidas as escolas consideradas como Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), começando pela redução de alunos nos anos iniciais de ciclo (primeiro, quinto, sétimo e décimo anos), conforme apurou o Público. No 1º ciclo, as salas de aula vão passar de 26 para 24 alunos, e nos restantes passam de 30 para 28 alunos.

Existem 137 agrupamentos de escolas TEIP, correspondendo a cerca de 20%.

A medida a ser aplicada no ano letivo 2017/2018 já constava do programa do PS e consta do despacho de matrículas já publicado no Diário da República.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB