“Queremos ter uma atitude proativa”

Ana Barber, da Cabo Verde TradeInvest, sublinha as potencialidades de investimento em Cabo Verde. Os dados económicos mais recentes facilitam esta atração.

Cristina Bernardo

A Cabo Verde TradeInvest tem como missão substituir a Cabo Verde Investimentos e pretende preparar o país na atração de investimento e ser mais eficaz nas respostas à procura dos investidores. “Queremos trabalhar não só para trazermos os investimentos diretos externos, que são importantes para o país e para alavancarmos a economia, mas também para dotarmos as nossas empresas de outras condições de trabalho”, explica Ana Barber, presidente do conselho de administração da Cabo Verde TradeInvest.

A posição estratégica do país africano é outro trunfo. No meio do oceano atlântico, Cabo Verde beneficia de uma boa localização geográfica estratégica, entre os continentes Africano, Europeu e Americano.  Turismo, Energias Renováveis, Economia do Mar, TIC’s, Parceria Público-Privada (PPP), Agronegócios, Indústria e Serviços são setores-chave da economia cabo-verdiana.

“Vamos trabalhar no sentido de captar mais investimentos, trazer mais empresas estrangeiras, mostrar as nossas potencialidades, que são únicas. Com esta nova visão, vamos mostrar as oportunidades que nós temos com uma atitude diferente. Queremos ter uma atitude proativa”, acrescenta Ana Barber.

A economia cabo-verdiana deverá crescer em 2017 num intervalo entre 3% e 4%, segundo previsões do Banco de Cabo Verde, que confirma a estimativa do Instituto Nacional de Estatística (INECV) de crescimento de 3,9% em 2016. Estes dados, publicados em abril deste ano, reforçam estes país como ainda mais atrativo para os investidores.

O relatório assinalou que a economia cabo-verdiana registou “o crescimento real mais acelerado desde 2011”, sustentado principalmente, do lado da oferta, nos desempenhos da administração pública, impostos líquidos de subsídios, alojamento e restauração e agricultura.

Perfil do País

Área: 4,033 km2 / 10 ilhas
População: 525,000 estimada
Clima: Tropical seco, com temperatura média de 25º e do mar 22º, com duas estações do ano, a mais longa a estação seca que dura a maior parte do ano, e a húmida que vai de Agosto a Outubro
Diversidade étnica: Crioulos (mulato) 71%, Africanos 28%, Europeus (1%)
Religiões principais: Cristã (católico romano e Protestantes)
Capital: Cidade da Praia
Moeda: Escudos Cabo-verdiano (CVE); 1 CVE =110,265 euros
Sistema político: Multipartidário. Cabo Verde tem hoje um regime parlamentar estável.
Línguas Oficiais: Português e Crioulo. Inglês e Francês são utlizados como línguas de trabalho
Horário: CVT (UTC-1)
Código internacional: 238

PORQUÊ INVESTIR EM CABO VERDE?

1-Estabilidade Política

Boa Governação 3º Melhor em Àfrica – Mo Ibrahim Found;
País de 1ª categoria Freedom House
27ª Democracia no Mundo
Perceção da corrupção (Intern. Transparency) 2º em África e 39º no Mundo

2-Estabilidade Social

Desenvolvimento Humano– UNDP 3º em África
Qualidade de vida -EIUnit Index 3º em África
Taxa Literacia – 95% Da população jovem

3-Estabilidade Económica

Liberdade económica 1º na CEDEAO e, 3º em África (Economic Freedom Index- Heritage Foudation)
4º em Africa no Acesso à internet
5º em Africa no desenvolvimento das infraestruturas
Benefícios fiscais sectoriais
Acordos Internacionais – Acesso a Mercados
Parceria especial com a União Europeia
CEDEAO (5.1 milhões km2 e 349 milhões de Habitantes)
AGOA (acesso em condições especiais a um dos maiores mercados do mundo)
CPLP (10.7 milhões de habitantes)
CADFUND (China-Africa Development Fund)

Fonte: http://cvtradeinvest.com

Mais notícias