Quanto paga o Reino Unido à UE por semana? Menos de metade do que dizia a campanha pelo Brexit

Antes de serem aplicados os descontos, o valor total pago pelo Reino Unido ronda os 17 mil milhões de libras.

Stefan Wermuth/REUTERS

O Reino Unido realizou um pagamento líquido semanal de 156 milhões de libras (172,7 milhões de euros) à União Europeia (UE), o menor nível por cinco anos, tendo os números do Tesouro apresentado, para os 12 meses até março de 2017, um valor total de 8,1 mil milhões de libras (9 mil milhões de euros), relata a Sky News.

Os números revelaram também que o pagamento semanal, sendo do menor nível, encontrava-se bastante abaixo da controvertida reivindicação de 350 milhões de libras da ‘Vote Leave’, campanha de saída do Brexit, que colocou este montante exato como uma das questões principais da sua campanha, através da impressão, nos autocarros, do slogan:” Nós enviamos à União Europeia 350 milhões por semana”, que lhe valeu várias críticas.

De acordo com o jornal britânico, a estimativa de 8,1 mil milhões de libras para os 12 meses até março de 2017 é a mais baixa desde há cinco anos e é menos de um quarto do valor de 2015/2016, após ajustado pela inflação.

Para os apoiantes da campanha ‘Remain’, o valor pago semanalmente pelo Reino Unido comparado ao do Brexit era enganador, pois não estavam a incluir o dinheiro que o Reino Unido recebe de descontos da UE, bem como os pagamentos realizados ao setor público. Antes de ser aplicado o desconto, o Reino Unido pagou, para o orçamento da UE em 2016/2017, um total de 16,9 mil milhões de libras (18,7 mil milhões de euros), o que equivale a 325 milhões de libras (360 milhões de euros) semanais.

E, segundo referiu a Autoridade de Estatística do Reino Unido, no decorrer da campanha do referendo, o Tesouro pagou as contribuições do Reino Unido a Bruxelas após ser aplicado o desconto que, nesse ano orçamental, foi totalizado em 4,800 milhões de libras (5,314 milhões de euros), representando um pagamento líquido de 12,2 mil milhões de libras (13,5 mil milhões de euros).





Mais notícias