PSA compra Opel e torna-se segundo maior grupo automóvel na Europa

A GM vende a marca que detinha há quase 90 anos por 2.200 milhões de euros.

O grupo francês PSA vai comprar a Opel à fabricante norte-americana General Motors (GM) por 2.200 milhões de euros, segundo anunciaram esta segunda-feira as duas empresas. O PSA era já detentor das marcas Peugeot e Citroën e a transação vai resultar no estabelecimento do segundo maior grupo automóvel na Europa com uma quota de mercado de 16%.

A compra, que se concretiza através do banco BNP Paribas, abrange a atividade produtiva da Opel na Alemanha e a marca Vauxhall no Reino Unido. A GM detinha a Opel há quase 90 anos, mas a aquisição poderá ter sido motivada pelas perdas de nove mil milhões de dólares que a marca registou desde 2009. O plano da PSA para contrariar a tendência prende-se com reduções nos custos de produção e laborais.

“O nosso plano é construir um futuro comum para a Opel e para a Vauxhall, e resolver os problemas existentes”, disse o CEO da PSA, Carlos Tavares, citado pela Bloomberg. “Estamos confiantes que o turnaround da Opel/Vauxhall vai acelerar significativamente com o nosso apoio, respeitando os compromissos feitos pela GM com os funcionários da Opel/Vauxhall. Dá-nos a oportunidade de nos tornarmos um verdadeiro campeão europeu”.

O grupo fica, assim, apenas atrás da Volkswagen AG, que detém 24% da quota de mercado, na Europa, e ultrapassa a Renault SA. A PSA espera que a junção dos dois fabricantes automóveis resulte numa redução de 1,7 mil milhões de euros, bem como numa margem de lucro de 6% até 2026.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB