Professores avançam com petição para uniformizar calendário escolar

Documento com 2500 assinaturas será entregue na segunda-feira na Assembleia da Madeira.

O Sindicato dos Professores da Madeira entrega, na próxima segunda-feira, na Assembleia Legislativa da Madeira uma petição com mais de 2500 assinaturas para aplicação na Região do mesmo calendário que vier a ser definido para o Ensino Básico à Educação Pré-Escolar no território continental.

Margarida Fazendeiro, dirigente do Sindicato dos Professores da Madeira, lembra que esta correspondência nos calendários sempre existiu, por exemplo, nos Açores.

O que se pretende é que “se adote os mesmos procedimentos do Continente”, de modo que se cumpra a resolução da Assembleia da República que recomenda “ao Governo que uniformize o calendário escolar do ensino pré-escolar e do ensino básico, garantindo a coincidência do início das suas atividades letivas, interrupções e termo”, explica a docente, sublinhando que “não se justifica que seja de maneira diferente no próximo ano letivo”.



Mais notícias