Produção automóvel em Portugal mais do que duplica em junho

Apesar do comportamento "muito positivo" na produção de veículos ligeiros, a ACAP não deixa de sublinhar, em comunicado, que na produção de veículos pesados voltou a registar-se uma quebra de 24,5% mensal e de 28,1% no semestre.

A produção de veículos automóveis ligeiros e pesados em Portugal mais do que duplicou em junho, face a igual mês do ano passado, crescendo 104,7%, para 27.467 unidades, segundo os dados divulgados pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal esta quarta-feira, 11 de julho.

No primeiro semestre de 2018, registou-se um crescimento de 89,3%, para 154.045 unidades fabricadas.

Apesar do comportamento “muito positivo” na produção de veículos ligeiros, a ACAP não deixa de sublinhar, em comunicado, que na produção de veículos pesados voltou a registar-se uma quebra de 24,5% mensal e de 28,1% no semestre.

No que concerne às exportações, a informação apurada sobre os seis primeiros meses de 2018 vem confirmar a sua importância para o setor automóvel já que 96,9% dos veículos fabricados em Portugal têm como destino o mercado externo.

“O que, sublinhe-se, contribui de forma significativa para a balança comercial portuguesa. Registe-se igualmente que se verificou um aumento percentual relativamente ao mês anterior”, reforça ainda a ACAP.

A Europa continua a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em território nacional, atingindo os 91,4% num ranking onde marcam presença a Alemanha, com 20,9%, França (14,7%), Espanha (11,6%) e Itália (10,6%). Em termos de grandes regiões, o mercado asiático, liderado pela China (2,9%), mantém o segundo lugar nas exportações de automóveis fabricados em Portugal.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB