Portugal regressa aos mercados a 19 de abril

O IGCP publicou o calendário de financiamento do segundo trimestre do ano. A primeira emissão prevista está agendada para o dia 19 de Abril.

D.R.

A Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) pretende emitir até quatro mil milhões de euros em bilhetes do Tesouro (BT) no segundo trimestre do ano. A instituição anunciou, em comunicado, que irá realizar três leilões duplos de BT a 19 de abril, 17 de maio e 21 de junho.

No que diz respeito a obrigações do Tesouro (OT), o IGCP irá marcar as datas até três dias úteis antes da data, como é costume, sendo esperadas colocações de mil a 1.250 milhões de euros por emissão. As emissões de OT irão acontecer “através da combinação de sindicatos e leilões”.

“Os leilões de OT terão a participação dos Operadores Especializados de Valores do Tesouro (OEVT) e Operadores de Mercado Primário (OMP) e poderão ser realizados à 2ª, 4ª ou 5ª quartas-feiras de cada mês após anúncio do montante indicativo e linhas de OT a reabrir até três dias úteis antes da respetiva data de leilão”, referiu a instituição liderada por Cristina Casalinho.

O IGCP ressalvou ainda que “acompanhará ativamente a evolução das condições de mercado, podendo introduzir ajustamentos às presentes linhas de atuação”. A agência tinha anunciado, no final do ano passado, que as necessidades líquidas de financiamento do país em 2017 estavam avaliadas em 12,4 mil milhões de euros e que iria emitir entre 14 e 16 mil milhões de euros de obrigações este ano.



Mais notícias