Polícia indiano corre 1km de bomba aos ombros para salvar 400 crianças

Depois do susto, Abhishek Patel disse aos jornalistas que o seu “único objetivo era levá-lo tão longe das crianças quanto possível”.

Abhishek Patel era um nome desconhecido para a comunidade internacional até ao final da semana passada. Agora, o polícia da Índia, de 40 anos, enche páginas de jornal pelo seu feito histórico no país, mais concretamente na aldeia de Chitora, quando encontrou um engenho explosivo numa escola.

O responsável da polícia da Índia encontrou uma bomba com cerca de 10 quilogramas e 30 centímetros no campo de jogos de uma escola e, assim que se apercebeu de que não havia meios para desativar o dispositivo, Abhishek Patel colocou-nos nos ombros e correu sempre de mil metros para se afastar do local.

Na escola onde se encontrava o engenho explosivo, no distrito indiano de Muzaffarnagar estavam, estavam, pelo menos, 400 crianças. Depois do susto, Abhishek Patel disse aos jornalistas que o seu “único objetivo era levá-lo tão longe das crianças quanto possível”. “Longe de todas as áreas residenciais”, frisou.

No vídeo que divulgamos esta quinta-feira, pode ver-se o polícia (‘herói’) indiano a correr com a bomba ao ombro. As imagens e declarações, divulgadas pelo Times of India, tornaram-se virais e lembrar as cenas icónicas do famoso filme Forrest Gump, conforme sublinha a imprensa local.

Um estudante desse estabelecimento de ensino, Basant Kumar, disse à mesma publicação que “os professores declararam a paragem das aulas depois de terem sido informados de que havia uma bomba nas instalações da escola”. O curioso é que , entre reportagens e entrevistas, a bomba ficou exatamente no local onde Abhishek Patel a colocou.



Mais notícias