Pirelli regressa aos mercados com maior OPV europeia do ano

A Pirelli prepara-se para protagonizar a maior entrada em bolsa do ano. Até ao final da semana está prevista a apresentação das condições da OPV, que colocará no mercado 40% do capital do fabricante de pneus a partir do dia 1 de outubro.

A Pirelli está a ultimar os preparativos para o seu regresso ao mercado bolsista, dois anos depois da sua saída, no seguimento da aquisição por parte da ChemChina, que comprou uma parte maioritária da empresa por 7,4 mil milhões de euros, adianta a Bloomberg. A mesma agência refere que o fabricante de pneus poderá alcançar um valor de mercado de nove mil milhões de euros durante a OPV, o que, a confirmar-se, fará desta a maior operação europeia do género em 2017.

As previsões da Pirelli apontam para a apresentação de todos os detalhes da OPV até ao final da semana, em Milão, incluindo o leque de preços das ações. A estria no mercado bolsista está agendada para a primeira semana de outubro, devendo ser colocadas à venda 40% das ações da empresa.

As fontes citadas pela Bloomberg asseguram existir grande interesse por parte de investidores privados e fundos de investimento, que poderiam mesmo converter-se em investidores de referência da Pirelli.

Com a entrada em bolsa da Pirelli, a participação da ChemChina deverá reduzir-se, dos atuais 65% para menos de 50%, não deixando de permanecer como maioritária. Marco Tronchetti Provera permanecerá como CEO.





Mais notícias