Pedro Nuno Santos diz que esquerda está comprometida em conseguir bom orçamento

Em entrevista à TSF, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares mostra-se convicto da possibilidade de aprovar um orçamento com que os partidos que apoiam o governo "se sintam confortáveis".

Pedro Nuno Santos acredita que o próximo orçamento de Estado será aprovado, mesmo com as críticas que surgem da esquerda. “A sensação que tenho do trabalho que desenvolvo é que todos os partidos estão comprometidos em conseguir um bom orçamento”, afirmou o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, em entrevista à rádio “TSF”.

Sobre um eventual apoio do Partido Social Democrata ao Governo para a aprovação do orçamento, Pedro Nuno Santos, é claro. “Nós não contamos com a mãozinha de ninguém. Só contamos com a maioria para passar o Orçamento, não equacionamos mais nenhuma opção, nem vemos nenhuma necessidade nisso”.

Sobre os problemas relativos ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares revela que “era impossível resolver com o PSD, ou CDS” e que é com o “com o PCP, o BE e o PEV”, que os trabalhos devem ser realizados.

Pedro Nuno Santos assume que o “país está melhor”, embora saiba que existe uma “necessidade de que as coisas se resolvam mais depressa”.

A finalizar deixou uma mensagem que pode ser entendida como um aviso à esquerda. “Não vamos perder a oportunidade de fazer mais um Orçamento em conjunto”.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB