PE aprova Fundo de Solidariedade que vai permitir à Madeira receber cerca de 4 milhões

Os deputados no Parlamento Europeu votaram hoje favoravelmente a aprovação dos montantes do Fundo de Solidariedade da União Europeia que vai permitir à Madeira receber perto de quatro milhões de euros (3.925.000 euros, precisamente). Dos 751 parlamentares, 681 votaram a favor, 11 contra e 3 abstenções.

Cláudia Monteiro de Aguiar, deputada madeirense com assento no Parlamento Europeu, congratula-se com aprovação deste relatório que uma vez mais “demonstra uma União solidária para com as suas regiões quando fustigadas por catástrofes naturais. A solidariedade europeia é colocada em prática, uma vez mais, para com os cidadãos madeirenses. O Fundo é um meio de expressão da solidariedade europeia que se traduz neste concreto com aproximadamente 4 milhões euros.”

Contudo, a Eurodeputada do PSD espera que de futuro “o processo de mobilização possa ser mais célere e menos burocrático e que a percentagem de adiantamento possa ser superior aos atuais 10%. O expectável é que em processos futuros não tenhamos de esperar uma média de 8 meses para uma aprovação.”

Cláudia Monteiro de Aguiar lamenta a “falta de solidariedade ou a morosidade do apoio, prontamente anunciado mas não concedido, do Governo da República para com a região e a sua população.”

Mais notícias