Óscares: 5 passos para nunca mais haver erros nos envelopes

Após a troca de envelopes que deu a vitória de ‘La La Land’ como melhor filme a Academia de Hollywood e a PwC decidiram adotar novas medidas.

Na edição passada da cerimónia dos Óscares, uma troca de envelopes levou a que fosse anunciada a vitória de ‘La La Land’ como melhor filme, quando na verdade o vencedor era ‘Moonlight’. A troca de envelopes deu origem a este erro e, para evitar situações do género este ano a PriceWaterhouseCoopers (PwC) – responsável por receber, contar e revelar os resultados dos votos – decidiu adotar novas medidas.

O grande favorito, que tinha chegado à cerimónia com 14 nomeações era mesmo La La Land e portanto não houve surpresa quando o apresentador, Warren Beatty, abriu o envelope. O ator ficou ficou mudo e foi Faye Dunaway quem leu o nome do filme.

Surpresa houve momentos depois quando um dos produtores, Jordon Horowitz, disse que o prémio era para Moonlight. Jimmy Kimmel, anfitrião da cerimónia, trouxe o humor para o momento. “Pessoalmente, culpo Steve Harvey [comediante]”, disse o humorista, numa referência ao que se passou numa edição passada do concurso Miss Universo, quando o nome errado também foi anunciado.

Saiba quais os passos para evitar o erro monumental da cerimónia do ano passado

– Confirmar, antes da subida ao palco, que quem vai anunciar os prémios tem o envelope correto nas mãos. Essa confirmação deve ser feita pelo assistente de palco
-Além dos habituais dois elementos da PwC responsáveis pela entrega dos envelopes nos bastidores, haverá um terceiro que se sentará na régie com os produtores da cerimónia
-Os três funcionários da PwC terão também de participar nos ensaios e deverão antecipar como proceder caso haja outro erro
-Estes três serão os únicos a saber quem são os vencedores das 24 categorias.
-Os responsáveis estão proibidos de utilizar os telemóveis ou estarem nas redes sociais enquanto decorre a entrega dos Óscares






Mais notícias
PUB
PUB
PUB