Os 7 produtos portugueses que os estrangeiros adoram

Da cortiça aos doces, os produtos nacionais têm conquistado o mundo e destacam-se pela qualidade, fabrico, história e preço acessível.

CORTIÇA
A cortiça nacional é um dos produtos mais requisitados a nível internacional. A indústria corticeira exporta 90% da produção para 133 países. Desta exportação, 72% é considerado “produto premium” (como a rolha de cortiça) e 25% destina-se a materiais de construção. As potencialidades deste material vão desde a decoração à indústria aeronáutica.

TÊXTEIS
A indústria têxtil portuguesa destaca-se hoje pela qualidade da confecção e rigor nas prazos de entrega. Além disso, Portugal consegue oferecer uma vantagem competitiva bastante grande, dado que a qualidade é muito elevada e o preço bastante acessível. De acordo com os números do setor, os têxteis vai exportar um total de 5,5 mil milhões de euros em 2020.

VINHO
Os vinhos portugueses afirmam-se cada vez mais lá fora. Portugal tem, inclusive, um tipo de vinho único no mundo: o vinho verde, que é produzido unicamente numa região de Portugal e não se produz em mais parte nenhuma do mundo. Os vinhos do Douro e do Alentejo, por exemplo, são muito procurados em vários continentes.

AZEITE
Portugal é o quarto maior exportador deste produto. Com a entrada em produção dos novos olivais, sobretudo em Alqueva, estima-se que a produção de azeite possa atingir, até 2020, as 120 mil toneladas. O reconhecimento internacional é muito. Entre os vencedores do prémio Mario Solinas – o mais prestigiado prémio internacional na indústria do azeite – encontra-se o azeite verde ligeiro, produzido pela Sociedade Agrícola Vale do Ouro, em Ferreira do Alentejo.

CERVEJA
Um dos produtos portugueses mais procurados no estrangeiro são as nossas marcas cervejeiras. No total mundial, em 2017, este setor registou um total de 200 milhões de litros de cerveja exportada. Nos prémios da The Internacional Beer Challenge, em 2017, houve medalhas de prata e bronze para Portugal num festival que reuniu no Reino Unido mais de 700 cervejas de 30 países. A tradição é milenar e a história da cerveja em Portugal é já bastante antiga. Muitas tribos que por aqui passaram produziam bebidas que, poderemos considerar, eram parentes afastadas das cervejas.

DOCES
Se o pastel de nata é famoso em todo o mundo, outros doces típicos seguiram as mesmas pisadas. Dados de 2015 mostram que as exportações de pastelaria trouxeram para Portugal 191 milhões de euros. Quem resiste a um doce tipicamente português quando temos em conta a seguinte lista: D. Rodrigo, Bolo de Mel, Bolo Lêvedo, Queijadas de Sintra, Pudim Abade de Priscos, Pastéis de Tentúgal, Sericaia ou Ovos Moles, entre outros.

QUEIJOS
Em terras de rebanho, o queijo é rei. Dos vários tipos de queijo existentes, fabricados com leite de ovelha, vaca, cabra ou de mistura, a consistência da pasta, o paladar e o grau de gordura, variam de região para região. Os queijos portugueses são de grande qualidade e o mercado internacional reconhece esse facto. América, China, Japão e toda a União Europeia são alguns dos principais destinos deste produto português.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB