Oposição ao Brexit pode levar à criação de um novo partido

Alguns dos opositores à saída do Reino Unido da União Europeia falam na constituição de uma nova força partidária centrista para fazer frente aos Conservadores e Trabalhistas, que defendem o processo de saída.

Uma das vozes mais críticas ao Brexit e que não concorda com a saída do Reino Unido  da União Europeia, é James Chapman, antigo assessor do ministro para o ‘Brexit’, David Davis.

Nos últimos dias tem declarado à imprensa que defende a criação de um novo partido político centrista, uma vez que tanto os Conservadores, no poder, como os Trabalhistas, na oposição, têm afirmado que vão em frente com o processo de saída.

Chapman afirmou que “há atualmente um enorme espaço ao centro na política britânica” que podia ser preenchido por uma força anti-‘Brexit'”.

De acordo com a Lusa, o ex-assessor,  indica que “pessoas muito interessantes”, incluindo dois membros do governo da primeira-ministra Theresa May, contactaram-no para manifestar apoio à ideia.

Chapman sugeriu inclusive que o novo partido se chame Democratas. Também o ex-primeiro-ministro trabalhista Tony Blair apelou recentemente para uma união dos políticos pró-europeus dos vários partidos britânicos.





Mais notícias