Omissão de 10 mil milhões de euros detetada pela AT

Caso surgiu com a correção de estatísticas sobre transferências para offshores.

O caso das transferências para offshores que escaparam ao radar da máquina fiscal surgiu após a Autoridade Tributária (AT) ter detetado, já depois da publicação de estatísticas em abril, que 20 declarações Modelo 38 não tinham sido tratadas pelo Fisco relativamente a 2014 e três anos anteriores. Em causa estava um desvio significativo nos valores das transferências para offshores, na ordem dos 10 mil milhões de euros, dos quais 80% referentes a operações que partiram do BES.

Este conteúdo é de acesso exclusivo para assinantes. Para ter acesso escolha uma das seguintes assinaturas Jornal Económico Digital, ou faça log in aqui.


Mais notícias