O luxo da Lexus ao seu alcance

O novo Lexus IS 300h veio reforçar a gama da marca japonesa. A Lexus está a fazer uma aposta forte e conta com uma campanha, para este modelo, desde 375 euros.

Luxo “IS” Lexus. Este poderia ser o slogan, mas é apenas um jogo de palavras entre o que representa a marca japonesa e o novo modelo que veio reforçar a gama IS300h, onde conforto, segurança e detalhes exclusivos coabitam em perfeita sintonia.

Ter um Lexus é sinónimo de elegância, de exclusividade, segurança, de conforto. Elementos que são valorizados pelos clientes mais exigentes e que têm conquistado os portugueses.

A marca japonesa está decidida a crescer no mercado nacional e um dos trunfos é o programa de financiamento da Lexus Financial Services, que está agora com uma campanha para o Lexus IS 300h, desde 375 euros. Num país onde, em média 50% dos automóveis são adquiridos através de soluções de financiamento, a Lexus Financial Services propõe opções que vão desde o crédito tradicional, passando pelo leasing ou ainda pelo Lexus Privilege. Este último programa de financiamento tem como vantagem competitiva a grande flexibilidade. Consiste num ciclo de troca planeado da viatura, sem risco de retoma e com uma mensalidade mais baixa. O cliente apenas tem de optar pelo modelo com o qual mais se identifica, tendo em linha de conta o seu perfil e as suas necessidades. No final do período do contrato, pode escolher entre trocar por uma viatura nova, permanecer com a viatura atual ou devolver a viatura. As condições são bastante competitivas e abrem as portas a que o luxo da Lexus possa estar ao seu alcance de mais amantes da marca.

 

O luxo refinado do IS 300h

Quando a Lexus lançou o IS, há 17 anos, fê-lo com a intenção de atrair clientes novos e mais jovens para a marca com esta berlina desportiva compacta de estilo próprio, motor de seis cilindros em linha e 2,0 litros, excelente resposta e tração traseira.

Agora, a Lexus surge com um facelift à terceira geração do IS 300h, o seu modelo mais vendido em Portugal, para refinar o desempenho dinâmico, mas também o conforto, a segurança e, claro, o estilo.

Depois de mais de um milhão de unidades vendidas na terceira geração, a Lexus reviu o IS, o primeiro modelo da marca concebido de acordo com as especificidades do mercado europeu, que absorve 20% de todos os IS comercializados. Apesar do sucesso, a Lexus não deixou os seus créditos por mãos alheias e operou algumas mudanças no seu best-seller, num processo exaustivo que começou muito antes dos primeiros esboços, como declara Naoki Kobayashi, engenheiro-chefe da marca: “Antes de iniciar o trabalho no novo IS os meus designers viajaram pelo mundo entrevistando clientes e procurando inspiração”, uma fase considerada vital para o processo de elevação do já bem-sucedido IS a um novo patamar.

Ao cabo de “meses passados a traçar esboços e a desenhar em computador”, como diz Kobayashi, a carroçaria do renovado IS mantém a longa linha de tejadilho que o caracteriza, ao estilo coupé, bem como a sua postura atlética, reforçada pelos novos elementos adicionados pela equipa de design, nomeadamente a grelha dianteira trapezoidal mais proeminente, uma linha de cintura ascendente mais pronunciada e ainda uma renovada assinatura luminosa LED, que bebe inspiração da arte da joalharia e contribui para que este seja “o IS mais distinto que jamais construímos”, conclui Kobayashi. As jantes de liga leve de novo desenho e as novas cores disponíveis para o exterior e habitáculo completam a reformulação estética operada no IS da terceira geração.

Mais que estética

A par do refinamento do estilo requintado e de um habitáculo que reflete a qualidade dos mestres artesãos Takumi – de que são exemplo as inserções em madeira escura gravada a laser (estreadas no SUV de luxo RX) –, foi dada primazia ao conforto e à funcionalidade do conceito do interface Homem-Máquina (HMI). Esta revisão levou ao IS um novo ecrã de 10,3”, a partir do qual se comanda o sistema multimédia Lexus Premium Navigation, mas também uma nova instalação de áudio Pioneer Premium Sound, com 10 altifalantes, para fazer crescer ainda mais o apelo do Lexus IS.

Comprometida também com o refinamento do desempenho dinâmico, a Lexus dotou o IS de uma suspensão com novos componentes de baixo peso, bem como ajustou as molas helicoidais, os amortecedores e a barra estabilizadora, conseguindo assim uma condução mais empolgante, sem prescindir do conforto ao volante. Para comprovar a eficácia destas alterações, a marca nipónica levou o renovado IS para a estrada e para a pista, onde foram realizados vários testes, num processo que demonstra o elevado grau de exigência da Lexus em todas as fases de desenvolvimento dos seus automóveis.

A renovação do Lexus IS também passou pelo aumento da segurança, mormente pela inclusão do Lexus Safety System+, que traz para o IS vários sistemas de apoio à condução, minimizando orisco de acidente e as suas consequências. Enquanto o Monitor de Ângulo Morto (BSM) e o Alerta de Tráfego Transversal na Traseira (RCTA) transmitem avisos melhorados acerca de potenciais riscos que não foram vistos pelo condutor, os faróis LED oferecem um maior e mais longo campo de iluminação, melhorando a condução noturna.

 

Lexus mais verde

Em Portugal, o IS continua a ser comercializado apenas na variante híbrida, proposta desde 43.700€, e os resultados de vendas comprovam o acerto desta tomada de decisão da marca: em 2015, com 40% do total de vendas, o IS 300h foi o modelo mais vendido da gama, posição que manteve em 2016, ainda que com apenas 30% do total de unidades vendidas, fruto do alargamento da oferta da Lexus no nosso país.

Utilizando o sistema Lexus Hybrid Drive, o IS 300h permite uma condução empolgada sem que isso penalize o ambiente com elevadas emissões de gases de escape (não indo além dos 99 g/km de CO2), nem os proprietários com consumos elevados (consumo anunciado em ciclo misto de 4,3 l/100 km).

Os portugueses gostam, o ambiente agradece e a Lexus consegue unir o apelo de um desempenho ambiental superior aos baixos custos de utilização, dois trunfos considerados fundamentais para o cliente atual.

 



Mais notícias