Número de médicos, farmacêuticos e enfermeiros aumentou 5,9% no ano passado

Em 2016, 74,3 % dos médicos em atividade na Região trabalhavam no Funchal e 11,6% em Santa Cruz.

A Madeira registou um número de 5,9% no que se refere aos médicos inscritos na Ordem. Os dados referem-se a 2016, ano em que foram contabilizados 968 profissionais com atividade na área da medicina, mais 54 do que em 2015.

De acordo com a Direção Regional de Estatística, 74,3 % dos médicos trabalhavam no concelho Funchal e 11,6% em Santa Cruz.

Do total de médicos, 539 eram especialistas (55,7%) que detinham 635 especialidades em áreas como a medicina geral e familiar, a medicina interna, a cirurgia geral e a pediatria.

Em média, existiam na RAM 3,8 médicos por mil habitantes, verificando-se a maior expressão deste indicador no Funchal (6,9 médicos por mil habitantes) e a menor no município da Calheta (0,6 médicos por mil habitantes).

Já o número de enfermeiros inscritos na Ordem aumentou 3,1% em 2016, comparativamente a 2015.  Em média, existiam 8,4 enfermeiros por mil habitantes, sendo o Funchal e o Porto Moniz os municípios com valores mais elevados  (15,6 enfermeiros por mil habitantes e 6,7 enfermeiros por mil habitantes, respetivamente).

No mesmo ano, existiam 226 farmacêuticos (mais 11 que em 2015) . Destes 58,0%, encontravam-se a trabalhar no Funchal e 11,5% em Santa Cruz.

Os dados disponibilizados, esta manhã, fazem parte integrante da Publicação “Estatísticas da Saúde da RAM 2016”, cuja edição completa será divulgada em dezembro de 2017.



Mais notícias