Número de médicos, farmacêuticos e enfermeiros aumentou 5,9% no ano passado

Em 2016, 74,3 % dos médicos em atividade na Região trabalhavam no Funchal e 11,6% em Santa Cruz.

A Madeira registou um número de 5,9% no que se refere aos médicos inscritos na Ordem. Os dados referem-se a 2016, ano em que foram contabilizados 968 profissionais com atividade na área da medicina, mais 54 do que em 2015.

De acordo com a Direção Regional de Estatística, 74,3 % dos médicos trabalhavam no concelho Funchal e 11,6% em Santa Cruz.

Do total de médicos, 539 eram especialistas (55,7%) que detinham 635 especialidades em áreas como a medicina geral e familiar, a medicina interna, a cirurgia geral e a pediatria.

Em média, existiam na RAM 3,8 médicos por mil habitantes, verificando-se a maior expressão deste indicador no Funchal (6,9 médicos por mil habitantes) e a menor no município da Calheta (0,6 médicos por mil habitantes).

Já o número de enfermeiros inscritos na Ordem aumentou 3,1% em 2016, comparativamente a 2015.  Em média, existiam 8,4 enfermeiros por mil habitantes, sendo o Funchal e o Porto Moniz os municípios com valores mais elevados  (15,6 enfermeiros por mil habitantes e 6,7 enfermeiros por mil habitantes, respetivamente).

No mesmo ano, existiam 226 farmacêuticos (mais 11 que em 2015) . Destes 58,0%, encontravam-se a trabalhar no Funchal e 11,5% em Santa Cruz.

Os dados disponibilizados, esta manhã, fazem parte integrante da Publicação “Estatísticas da Saúde da RAM 2016”, cuja edição completa será divulgada em dezembro de 2017.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB